Depredação do comércio, de pontos de ônibus e agências bancárias marcam os protestos da esquerda

Posted by

 

Porto protesto

Um protesto contra o governo de Michel Temer teve depredação de concessionárias e de pontos de ônibus e bloqueio de vias, como a Marginal Pinheiros, na noite desta sexta-feira (2). O ato começou pacífico no Largo da Batata, na Zona Oeste de São Paulo, mas ficou violento depois de policiais militares impedirem os manifestantes de seguirem até a Praça Benedito Calixto

No centro de Florianópolis, um protesto também começou pacífico, mas houve tumulto e confronto de manifestantes com a polícia. Em Porto Alegre, também teve protesto pela saída de Temer da presidência. Um grupo pôs fogo em contêineres de lixo e pelo menos 4 agências bancárias foram apedrejadas. Também houve confrontos entre integrantes do ato e PMs, que usaram bombas de gás lacrimogênio.

No Rio de Janeiro, um protesto percorreu ruas do centro. O ato teve a presença de mascarados e uma confusão, em que ativistas atiraram algumas garrafas e os PMs fizeram uso de spray de pimenta.

Da China, o presidente MIchel Temer delcarou à imprensa:  “Não é uma manifestação democrática. Uma manifestação democrática é aquela que eventualmente pode sair às ruas e pregar uma ideia”.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s