República de Curitiba

Início » Uncategorized » Brasileiros ficam em alerta com as supostas tentativas de abafar Lava Jato. Petistas, que tentaram comprar silêncio de diretores da Petrobrás, comemoram

Brasileiros ficam em alerta com as supostas tentativas de abafar Lava Jato. Petistas, que tentaram comprar silêncio de diretores da Petrobrás, comemoram

Estatísticas do blog

  • 1,871,948 cliques
setembro 2016
S T Q Q S S D
« ago   out »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Facebook da Republica de Curitiba

lindberg

 

Após ser demitido pelo presidente Michel Temer nesta sexta-feira (9), o advogado-geral da União, Fábio Medina Osório, deu uma entrevista à revista Veja, para explicar seu posicionamento.  Medina disse que sai do posto porque o governo não quer fazer avançar as investigações da Operação Lava Jato que envolvam aliados. Ele acusou: “O governo quer abafar a Lava-­Jato”.

Medina entrou em divergência com com o  ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha. Gaúchos, os dois se conhecem do Rio Grande do Sul, onde Medina foi promotor de Justiça,  e Padilha fez sua carreira política. Medina diz que a divergência começou há cerca de três meses, quando pediu às empreiteiras do petrolão que ressarcissem o erário pelo dinheiro desviado da Petrobras.

 

O ministro Padilha, que se limitou a divulgar um tuíte agradecendo o trabalho de Medina, manteve distância da polêmica e não deu entrevistas. Exibindo mensagens em seu celular trocadas com o procurador Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato, e com o juiz Sergio Moro, Medina afirma que a sua demissão tem significado maior — o de que o combate à corrupção supostamente não estaria nas prioridades do governo Temer.

Pestistas comemoraram. Em sua página do  Facebook, o senador Lindbergh Farias (PT- RJ) escreveu: “Mais uma bomba no colo dos golpistas!”. Seus seguidores  deixaram mensagens como: “É mesmo? E os batedores de panelas por onde andam que não veem isso?” e “Amigos de GOLPE não se sustentam seus interesses escusos são laços tênues se desfazem rápido por que cada um pensa em seus próprios interesses”.

Durante o governo do PT, houve diversas tentativas de obstruir a Lava Jato. Como tentativa de comprar o silêncio de diretor da Petrobras, o silêncio de delatores, venda de favores à Suprema Corte, nomeção de ex-presidente  para ministro a fim de conseguir foro privilegiado, acusações de que o Ministério Público era  “golpista” e pedidos de prisão do juiz Sérgio Moro.

 

 

 


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

República de Curitiba

%d blogueiros gostam disto: