República de Curitiba

Início » Uncategorized » “Polícia do Senado atua para grupos políticos”, denuncia sen. Álvaro Dias

“Polícia do Senado atua para grupos políticos”, denuncia sen. Álvaro Dias

Estatísticas do blog

  • 1,653,245 cliques
outubro 2016
S T Q Q S S D
« set   nov »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Facebook da Republica de Curitiba

screenshot_2016-10-22-04-15-13

O senador Álvaro Dias (PV-PR) afirmou que a Polícia do Senado não exerce sua função institucional, como deveria ser, e atua em prol de partidos políticos.

A Polícia Legislativa tem prestado um desserviço. Não está atuando para a instituição, mas para grupos políticos. É claro que não quero generalizar porque a denúncia partiu de um membro da própria polícia. Mas eu pergunto: será que precisamos de uma polícia própria? Não seria o caso de aproveitarmos a PF ou mesmo a Polícia Militar? É possível questionar a existência da polícia própria. Vamos só aguardar o fim das investigações da PF e questionar a direção da Casa.”

Prisão

Na manhã de ontem (21), a Polícia Federal prendeu quatro policiais legislativos sob acusação de realizarem ações de contrainteligência em favor deFernando Collor (PTB), Edison Lobão (PMDB), Gleisi Hoffmann (PT) e do ex-presidente José Sarney (PMDB).

O juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal do Distrito Federal, que autorizou a prisão temporária de integrantes da Polícia Legislativa, disse que eles atuavam desde 2015 para barrar as investigações de Operação Lava Jato contra senadores investigados.

De acordo com o magistrado, o chefe  da Polícia do Senado, Pedro Ricardo Araújo de Carvalho, que também foi preso, determinou, “cedendo a pedido ou influência de outrem”, ações de seus subordinados para “embaraçar conscientemente notória operação conduzida no âmbito do Supremo Tribunal Federal”.

“Os fatos são gravíssimos e há indícios de funcionamento da associação liderada pelo primeiro investigado [Pedro], havendo fundadas razões de autoria e participação nos supracitados delitos. São necessárias tais medidas constritivas a fim de que se possa colher elementos maiores da investigação, sustar outras condutas reiteradas delituosas da mesma natureza, bem como assegurar que longe do local de trabalho e sem a influência de tais investigados se possa ter a segurança dos trabalhos de maior apuração dos fatos pela Polícia Federal”, disse o juiz.

 


2 Comentários

  1. Parabéns Álvaro dia eu acredito que vossa esselencia tem capacidade de impedir esse projeto de Renan ,,,o Brasil espera pelo sr.

    Curtir

  2. GOSTEI ALVARO….SÓ QUEM NÃO DEVE…..PODE FALAR COMO VOCE SEMPRE FALOU…..TAMO JUNTO.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

República de Curitiba

%d blogueiros gostam disto: