Delação de Renato Duque, ex-diretor da Petrobras, explica como Graça Foster articulava o Petrolão

Posted by

graca-e-dilma

Trechos da delação premiada que Renato Duque, ex-diretor de Serviços da Petrobras, negocia com o Ministério Público Federal, mostram como Graça Foster comandava os trâmites do Petrolão. A informação é do colunista Lauro Jardim.

Duque revela que em um episódio da campanha ao Senado em 2010, Marcelo Crivella procurou Graça Foster, então diretora de Óleo e Gás da Petrobras, e pediu ajuda financeira.
Graça o encaminhou a Duque, para que ele resolvesse o problema. O comando de Graça acabou liberando o equivalente a R$ 12 milhões em serviços de impressão de 100 mil placas para a campanha de Crivella. As gráficas que prestaram o serviço foram Focal e CRLS, de propriedade de Carlos Cortegoso, o Carlão, e são as mesmas que são investigadas na ação do TSE que pode cassar a chapa de Dilma e Temer.

 

Segundo as informações com as quais o MPF trabalha, Duque afirmou que esse serviço autorizado por Graça, integrava a propina garfada da Petrobras. Procurada, a campanha de Crivella negou que ele tenha tido banners pagos pelo petrolão. Disse que Crivella nunca pediu ajuda de campanha a Duque e tampouco conhece Cortegoso.

 

Advertisements
Anúncios

Deixe uma resposta