Juízes de cinco Estados protocolam ação contra Renan

Posted by

 

renan-acao

Juízes de diferentes varas dos Estados de Pernambuco, Minas Gerais, Goiás e São Paulo protocolaram uma representação contra Renan Calheiros (PMDB-AL), no Conselho de Ética do Senado, por quebra de decoro parlamentar.  No documento, eles narram as frases ditas por Renan em entrevista coletiva na segunda-feira, 24, quando o senador chamou o magistrado Vallisney de Souza, que autorizou a operação da PF contra o Senado de “juizeco” e o ministro da Justiça, Alexandre Moraes, de “chefete de polícia”.

A representação, contudo, será avaliada pelo presidente do Conselho de Ética, João Alberto Souza (PMDB-MA), que decide monocraticamente se irá aceitá-la ou arquivá-la.

Em caso de aceite, uma reunião do conselho é agendada para que os demais senadores votem pela continuação ou encerramento do processo. Caso a representação seja arquivada, é possível fazer um recurso ao plenário do colegiado. João Alberto tem até cinco dias úteis para analisar a proposta.

Advertisements
Anúncios

2 comments

  1. Se a moda pega a difusão desse “ECOETEVOCABULO”vai encontrar muito espaço pra se diciminar o presidente do senado ja deu a sua contribuição começando com “JUIZECO E CHEFETE”…atraz disso virão SENADORECO,PRESIDENTECO,MINISTRECO,DEPUTADECO,SECRETARIECO e não para por aÍ tem caminho amplo e concistente para sufixopejoração dessa classe que esta envergonhando o nosso país…

  2. O Renam está corretíssimo alguém tinha que dizer o que ele disse, pois se não o Brasil estará sob Júdice dos delegados e da polícia.
    Abuso de poder total sem necessidade, juizes e promotores tornando o Brasil em uma ditadura civil.

Deixe uma resposta