Viagens de amigos e familiares de 443 ex-deputados foram pagas com dinheiro público. Veja quanto custa manter um deputado

Posted by

 

passagens-camara-2

A Procuradoria da República na 1ª Região denunciou 443 ex-deputados no caso da “Farra das Passagens” por uso indevido de dinheiro público. Os ex-parlamentares são acusados por peculato.

Em 2009, a revelação de que deputados e senadores usavam recursos do Congresso para pagar passagens para amigos e familiares viajarem no Brasil e no exterior ficou conhecida como “Farra das Passagens”.

Na lista de ex-parlamentares denunciados, estão o secretário do Programa de Parcerias de Investimentos do governo Michel Temer, Moreira Franco, o prefeito reeleito de Salvador, ACM Neto (DEM), o ex-ministro Ciro Gomes, os ex-deputados Antonio Palocci (PT) e Eduardo Cunha (PMDB-RJ) – ambos presos na Operação Lava Jato.

Os ex-parlamentares se tornarão réus se a Justiça aceitar a denúncia. Segundo o Congresso em Foco, as acusações contra os ex-deputados estão distribuídas em 52 denúncias subscritas pelo procurador Elton Ghersel.

Caberá ao relator, o desembargador Olindo Menezes, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região receber ou rejeitar a acusação do Ministério Público Federal.

Quanto custa aos cofres públicos manter um deputado ?

Salário de R$ 33.763, auxílio-moradia de R$ 4.253 ou apartamento de graça para morar, verba de R$ 92 mil para contratar até 25 funcionários, de R$ 30.416,80 a R$ 45.240,67 por mês para gastar com alimentação, aluguel de veículo e escritório, divulgação do mandato, entre outras despesas. Dois salários no primeiro e no último mês da legislatura como ajuda de custo, ressarcimento de gastos com médicos. Esses são os principais benefícios de um deputado federal brasileiro, que somam R$ 168,6 mil por mês. Juntos, os 513 custam, em média, R$ 86 milhões ao contribuinte todo mês. Ou R$ 1 bilhão por ano.

 

Com informações da Istoé e Congresso em Foco.

Advertisements
Anúncios

6 comments

  1. Tudo isso é imoral e uma afronta ao povo brasileiro.
    Isso precisa acabar já.
    E os que usaram devolva com valores corrigidos imediatamente aos cofres públicos.

  2. Enquanto o povo estiver pagando impostos essa farra continuará. Boicote geral será necessário!? Não sou rebelde, mas enquanto sugam_nos a mais alta classe está tendo muitos direitos!!! Empresas falindo, demitindo funcionários em razão de tantos impostos. Incompreensível isto! Isso é Brasil!!!?

Deixe uma resposta