Bolsonaro pede que Cármem Lúcia homologue as delações antes da escolha do novo relator

Posted by

Na Foto Jair Bolsonaro

Em um vídeo publicado hoje, o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) pediu que a ministra Cármem Lúcia avoque para si as delações da Odebrecht, homologando os depoimentos e tornado-os públicos. Exatamente como se esperava que o falecido ministro Teori Zavascki viesse a fazer.

Ele também chamou a atenção para que isso seja feito antes da escolha do novo relator, semana que vem. A decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) será por meio de um sorteio.

Bolsonaro também comentou sobre o falecimento de Teori Zavascki. Ele comparou o caso com as mortes nebulosas de Celso Daniel, Luís Eduardo Magalhães e Eduardo Campos.

Advertisements
Anúncios

2 comments

  1. CONSPIRAÇÃO CONSUMADA (SABOTAGEM) NO ASSASSINATO DO “PROBO” JUIZ MINISTRO TEORI ZAVASKI DO STF – ESTRATAGEMA LAÇO AO “PROBO” NO AVIÃO – ADREDE PREPARADO – ATRIBUIR O ASSASSINATO COMO SE ACIDENTE FOSSE – QUEM CONSPIRA DEPENDE DE QUEM OU QUANTOS A CONSUMA – ABATEU A AERONAVE – PERGUNTAS – QUESTIONAMENTOS – CONJECTURAS – TEORIAS – CHUVAS – VENTOS – TEMPESTADES – TEMPORAIS – NEBLINA – NEVASCA.
    Na conspiração “Ato ou efeito de conspirar; maquinação, trama. Conluio secreto”. (Fonte: Dicionário Aurélio eletrônico).
    O conspirador sempre é indicado pelos membros do CONLUIO com o mentor entendedor da trama “Pessoa que guia, ensina ou aconselha outra; guia mestre, conselheiro”. (Op. cit.);
    Se não for nomeado “peritus unus, peritus nullus” que (Um só perito equivale a nenhum). Mas, Peritos que tenham conhecimentos proficientes de largo tirocínio, com imparcialidade e estilo do bem imbuídos e “experiri debet” (Sempre que concorrem várias ações sobre o mesmo objeto, somente uma deve ser exercitada.)
    Graças os dispositivos de segurança existentes nas aeronaves atuais, é raro quedas de aeronaves por chuvas – tempestades (turbulências) – vendaval e outro tanto de acontecimentos súbitos que são captados com antecipação pelos instrumentos existentes nas aeronaves de grande – médio e pequeno porte.
    Com açodamento, notório saber autor e súcia da Conspiração com todos os (participantes e partícipes) envolvidos para a Consumação do assassinato do “probo” Juiz Ministro TEORI ZAVASKI do STF.
    Muito fácil pegar a súcia inteira dessa Conspiração Consumada, que pegar um manquitola (coxo) andando.
    Quem tem o documentário do começo ao fim, sabem muito bem os interesses, causas, motivos macabros. da CONSPIRAÇÃO CONSUMADA no assassinato do Presidente JOHN F. KENNEDY aos 46 anos de idade, em 22 de novembro de 1963.
    O documentário de raras informações nele agregadas por dezenas de autoridades de vários seguimentos, nunca houve e jamais haverá inaudível interesse em torná-lo Público, que alguns Gatos Pingados do bem contra os maus inimigos das nações do Planeta, possam prevenir tais Conjurações.
    Tenho comigo aludido documentário e arquivado em muitas canchas…
    De mim para mim, NENHUM MORTAL DO MAU ME ASSUSTA; Assim, perpetro arremessamento ao Público e a quem possa interessar (e como Patriota incondicional, e em benefício da Nação Brasileira, equipar com cópias (a quem possa interessar) do vasto documentário e meio a ele deságua (aqui com Replay) a Conspiração do assassinato do Presidente JOHN K. KENNEDY aos 46 anos de idade em 22 de novembro de 1963), no Dallas, Texas.
    A Conspiração já havia Consumado o assassinato de 03 (três) Presidentes Norte assim como assassinou JOHN K. KENNEDY.
    Conspiração não espaça entre si. Pois, têm um só plano (protótipo) e homicida. Raro ser apontado o conluio por falta de interesse nas investigações e noutras, interferências na investigação e quando não, o mesmo destino da Vítima da matula (Conspiração).
    Conspiração Consumada no 1º (primeiro) assassinato do Presidente WILLIAM HENRY HARRISON, pelo súdito do calendário da Conspiração no fatídico dia 4 de abril de 1841, no espaço de 31 dias como Presidente dos Estados Unidos da América.
    A CONSPIRAÇÃO VIL NA ESTRATEGEMA.
    Passados 16 (dezesseis) anos, a Conspiração Consumada no assassinato do 2º (segundo) Presidente JAMES A. GARFIELD, assassinado por CHARLES J. GUITEAU, súdito da Conspiração vil.
    Passados 20 (vinte) anos, a Conspiração Consumada no assassinato do 3º (terceiro) Presidente WILLIAM MCKINLEY, não resistiu às sequelas dos ferimentos e foi a Óbito por complicações renais, depois de ter sido baleado duas vezes por LEON CZOLGOSZ, súdito do calendário da Conspiração.
    Por fim, a Conspiração Consumada no assassinato do 4º (quarto) Presidente JOHN F. KENNEDY, assassinado por LEE HARVEY OSWALD súdito do calendário da Conspiração, na fatídica sexta-feira 22 de novembro em 22 de novembro de 1963, no Dallas, Texas. (Deus abençoe a América)!

  2. A SABOTAGEM NA AERONAVE QUE VIAJAVA O “PROBO” JUIZ MINISTRO TEORI ZAVASKI DO STF – SABOTAGEM:
    “Verbete: sabotagem. 1. Ato ou efeito de sabotar. 2. Crime que consiste na invasão ou ocupação de estabelecimento industrial, comercial ou agrícola, para impedir ou dificultar o curso normal do trabalho ou, com esse mesmo fim, danificar o estabelecimento, as coisas que nele existem, ou delas dispor.” (Fonte: Dicionário Aurélio).
    CONSPIRAÇÃO CONSUMADA (SABOTAGEM) NO ASSASSINATO DO “PROBO” JUIZ MINISTRO TEORI ZAVASKI DO STF – ESTRATAGEMA LAÇO AO “PROBO” NO AVIÃO – ADREDE PREPARADO – ATRIBUIR O ASSASSINATO COMO SE ACIDENTE FOSSE – QUEM CONSPIRA DEPENDE DE QUEM OU QUANTOS A CONSUMA – ABATEU A AERONAVE – PERGUNTAS – QUESTIONAMENTOS – CONJECTURAS – TEORIAS – CHUVAS – VENTOS – TEMPESTADES – TEMPORAIS – NEBLINA – NEVASCA.
    Na conspiração “Ato ou efeito de conspirar; maquinação, trama. Conluio secreto”. (Fonte: Dicionário Aurélio eletrônico).
    O conspirador sempre é indicado pelos membros do CONLUIO com o mentor entendedor da trama “Pessoa que guia, ensina ou aconselha outra; guia mestre, conselheiro”. (Op. cit.);
    Se não for nomeado “peritus unus, peritus nullus” que (Um só perito equivale a nenhum). Mas, Peritos que tenham conhecimentos proficientes de largo tirocínio, com imparcialidade e estilo do bem imbuídos e “experiri debet” (Sempre que concorrem várias ações sobre o mesmo objeto, somente uma deve ser exercitada.)
    Graças os dispositivos de segurança existentes nas aeronaves atuais, é raro quedas de aeronaves por chuvas – tempestades (turbulências) – vendaval e outro tanto de acontecimentos súbitos que são captados com antecipação pelos instrumentos existentes nas aeronaves de grande – médio e pequeno porte.
    Com açodamento, notório saber autor e súcia da Conspiração com todos os (participantes e partícipes) envolvidos para a Consumação do assassinato do “probo” Juiz Ministro TEORI ZAVASKI do STF.
    Muito fácil pegar a súcia inteira dessa Conspiração Consumada, que pegar um manquitola (coxo) andando.
    Quem tem o documentário do começo ao fim, sabem muito bem os interesses, causas, motivos macabros. da CONSPIRAÇÃO CONSUMADA no assassinato do Presidente JOHN F. KENNEDY aos 46 anos de idade, em 22 de novembro de 1963.
    O documentário de raras informações nele agregadas por dezenas de autoridades de vários seguimentos, nunca houve e jamais haverá inaudível interesse em torná-lo Público, que alguns Gatos Pingados do bem contra os maus inimigos das nações do Planeta, possam prevenir tais Conjurações.
    Tenho comigo aludido documentário e arquivado em muitas canchas…
    De mim para mim, NENHUM MORTAL DO MAU ME ASSUSTA; Assim, perpetro arremessamento ao Público e a quem possa interessar (e como Patriota incondicional, e em benefício da Nação Brasileira, equipar com cópias (a quem possa interessar) do vasto documentário e meio a ele deságua (aqui com Replay) a Conspiração do assassinato do Presidente JOHN K. KENNEDY aos 46 anos de idade em 22 de novembro de 1963), no Dallas, Texas.
    A Conspiração já havia Consumado o assassinato de 03 (três) Presidentes Norte assim como assassinou JOHN K. KENNEDY.
    Conspiração não espaça entre si. Pois, têm um só plano (protótipo) e homicida. Raro ser apontado o conluio por falta de interesse nas investigações e noutras, interferências na investigação e quando não, o mesmo destino da Vítima da matula (Conspiração).
    Conspiração Consumada no 1º (primeiro) assassinato do Presidente WILLIAM HENRY HARRISON, pelo súdito do calendário da Conspiração no fatídico dia 4 de abril de 1841, no espaço de 31 dias como Presidente dos Estados Unidos da América.
    A CONSPIRAÇÃO VIL NA ESTRATEGEMA.
    Passados 16 (dezesseis) anos, a Conspiração Consumada no assassinato do 2º (segundo) Presidente JAMES A. GARFIELD, assassinado por CHARLES J. GUITEAU, súdito da Conspiração vil.
    Passados 20 (vinte) anos, a Conspiração Consumada no assassinato do 3º (terceiro) Presidente WILLIAM MCKINLEY, não resistiu às sequelas dos ferimentos e foi a Óbito por complicações renais, depois de ter sido baleado duas vezes por LEON CZOLGOSZ, súdito do calendário da Conspiração.
    Por fim, a Conspiração Consumada no assassinato do 4º (quarto) Presidente JOHN F. KENNEDY, assassinado por LEE HARVEY OSWALD súdito do calendário da Conspiração, na fatídica sexta-feira 22 de novembro em 22 de novembro de 1963, no Dallas, Texas. (Deus abençoe a América)!

Deixe uma resposta