“Não vamos para casa”, dizem romenos, há 13 dias em protestos contra corrupção

Posted by

screenshot_2017-02-13-11-48-10

 

Mais de 15 mil pessoas foram às ruas de Bucareste e outras cidades da Romênia no domingo (12) para manifestar contra a corrupção da classe política pelo 13º dia consecutivo, apesar de o governo do país ter revogado o decreto que descriminalizava alguns casos considerados ilegais até então.

 

“Vergonha”, “Não vamos para casa”, “Os ladrões não nos deixam” eram algumas das palavras de ordem gritadas pelos manifestantes em frente à sede do Executivo. Alguns cartazes faziam ironias. “Atenção com os bolsos, estamos ao lado do governo”.

 

Apesar das baixas temperaturas, cerca de 10 mil cidadãos participaram do protesto em Bucareste e outros 5 mil em diferentes cidades do país, informou a emissora “TVR”.

 

“Queremos escolas e hospitais, não casos de corrupção. Os ladrões devem estar na prisão e não no governo”, disse à Agência Efe Elena Comam, estudante de Filologia na Universidade de Bucareste.

 

Florin Iordache, autor do decreto que previa descriminalizar o abuso de poder e a corrupção se o prejuízo fosse inferior a 44 mil euros, renunciou no dia 2 de fevereiro após grande pressão da população. No dia anterior, o parlamento rejeitou uma moção de censura apresentada pela oposição contra o governo.

 

A modificação do Código Penal, que estava acompanhada de uma anistia para 2.700 condenados por crimes menores, alguns deles por corrupção, fez com que mais de 500 mil pessoas fossem às ruas das cidades romenas, a metade delas em Bucareste, na maior onda de protestos no país desde a queda do comunismo, em 1989.

 

O primeiro-ministro do país, Sorin Grindeanu, disse que não renunciará ao cargo, mas abrirá um debate com a oposição e a sociedade civil para reformar o sistema judiciário.

 

Fonte: O Globo

 

Advertisements
Anúncios

4 comments

  1. Aqui no Brasil está difícil este tipo de manifestação pois temos grande parte da população apoiando as corrupções e corruptores e não há interesse de verificar o que os politicos estão legislando e no final eles trabalham em causa própria mas teremos 20.000.000 de pessoas durante 5 dias de carnaval na ruas.

  2. Assim como a Populaçãoj da Romênia, nós brasileiros temos que tomar uma atitude drástica no sentido de fazer com que a classe política brasileira tenha mais respeito para com a população que paga seus salários. Já passou da hora de irmos às ruas e gritar até que sejamos ouvidos. Não adianta nada demonstrarmos nossa indignação através somente das redes sociais. Esses corruptos já provaram não ter escrúpulos nenhum.
    TODOS PRA RUA JÁ É NÃO SAÍAMOS DE LÁ ATÉ QUE O CONGRESSO TOME VERGONHA NA CARA!

  3. Vejam os Romenos a 13 dias nas ruas direto..Quem quer faz a diferença até conseguir o objetivo..não são como Brasileiros preguiçosos, que marcam manifestações pra de 4 em 4 meses..E as dificuldades apertando..povo oportunista comandados por grupos..

Deixe uma resposta