Marcelo Odebrecht confessa que deu R$ 13 milhões para Lula

Posted by

 

screenshot_2017-01-05-12-28-53

Marcelo Odebrecht confirmou nesta segunda-feira, 10, em depoimento ao juiz federal Sérgio Moro, da Operação Lava Jato, que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu R$ 13 milhões em espécie sacados pelo ex-assessor de Palocci, Branislav Kontic, ou “Programa B”, entre 2012 e 2013, foram entregues a Lula. A defesa do petista nega taxativamente seu envolvimento em qualquer tipo de ilegalidade.

O empreiteiro foi interrogado durante duas horas e meia em ação penal na qual é réu junto com Palocci – ambos cumprem prisão preventiva em Curitiba.

Marcelo Odebrecht falou ainda sobre os R$ 4 milhões que teriam sido repassados ao Instituto Lula e na soma de R$ 12,4 milhões supostamente investida na compra do prédio do Instituto. Também abordou a cifra de R$ 50 milhões em propinas para Mantega que teriam sido usados na campanha da presidente cassada Dilma Rousseff.

No depoimento ele praticamente reiterou o que já havia dito à Procuradoria-Geral da República (PGR) e ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Como delator da Lava Jato, Marcelo Odebrecht se obrigou a responder a todas as perguntas, diferentemente da primeira vez em que foi ouvido por Moro, ainda em 2016.

Na ocasião, limitou-se a entregar esclarecimentos por escrito, não respondeu a nenhuma indagação do magistrado e acabou condenado a 19 anos e quatro meses de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro do esquema de propinas e cartel na Petrobrás.

Nesta ação, Marcelo Odebrecht e Palocci são réus ao lado de outros 13 acusados. Segundo o Ministério Público Federal, o ex-ministro da Fazenda e Casa Civil teria recebido propinas de R$ 128 milhões da empreiteira.

 

Fonte: Istoé

Advertisements
Anúncios

Deixe uma resposta