Juízes repudiam declarações de Gilmar Mendes e avisam: não se dobrarão a “ameaças de qualquer espécie”

MICHEL TEMER/JABURU

O presidente da Associação Paulista de Magistrados (APAMAGIS), Oscild de Lima Junior, rebateu as declarações do ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes que levantou hoje (19) duras críticas a juízes e procuradores durante  um seminário do Grupo de Líderes Empresariais em Pernambuco.

O ministro fez a seguinte declaração:

“Expandiu-se demais a investigação, além dos limites. Abriu-se inquérito para investigar o que já estava explicado de plano. Qual é o objetivo? É colocar medo nas pessoas. É desacreditá-las. Aí as investigações devem ser questionadas”, disse na palestra, que foi transmitida ao vivo pelo Youtube.

Em resposta, a Associação emitiu a seguinte nota:

Quando há Justiça

A APAMAGIS – Associação Paulista de Magistrados – vem a público repudiar as inadequadas e inoportunas observações lançadas por um ministro da Suprema Corte relativas à Magistratura em veículo de comunicação de abrangência nacional.

Causa estranheza o fato de as expressões pejorativas aos juízes e à Justiça serem efetivadas num dos momentos mais tormentosos da História brasileira, quando o Judiciário tem se mostrado absolutamente irretocável na atividade jurisdicional, observando e fazendo observar os preceitos constitucionais mais importantes como separação dos Poderes, amplitude do direito de defesa, igualdade perante a Lei e transparência.

Em pleno século XXI, não se pode imaginar que a Justiça seja praticada em castas diferenciadas, tratando os acusados de acordo com a conveniência política ou ideológica. Felizmente, não é assim que pensa a imensa maioria de juízes, desembargadores e ministros, incluindo os da Suprema Corte. O Judiciário não é uma “geringonça”. Ao contrário, é uma instituição séria, cujo maior propósito é o de distribuir o mais elementar dos direitos do cidadão: a Justiça.

Aos que potencialmente se sentem ameaçados por eventuais detentores de poder político, cabe destacar a passagem em que um simples moleiro se opôs à tirania de um déspota que o ameaçava: “Tomar-me o moinho? Só se não houvesse juízes em Berlim”. Há no Brasil mais de 15 mil magistrados que não se vergarão a ameaças de qualquer espécie e cabe à APAMAGIS assegurar que seus integrantes possam exercer a magistratura em sua plenitude, curvando-se apenas às leis e à Constituição Federal.

São Paulo, 19 de junho de 2017.

Oscild de Lima Junior

Presidente

Advertisements
Anúncios

Deixe uma resposta

  1. quanto mais avançar, mais perto vai chegar aos corruptos escondidos atrás de cargos como o sr. Gilmar Mendes que JÁ mostrou seu desequilíbrio e medo de morar numa cadeia por longos anos

  2. Parabéns ao presidente Oscild de Lima Junior, o que está acontecendo no cenário da justiça hoje é uma reviravolta, os verdadeiros Juízes estão fazendo a diferença, ou seja estão trabalhando para promover a verdadeira moralização do país, enquanto os que se acham supremos, que ingressaram através de apadrinhamento, e que julgam de acordo com os interesses de seus padrinhos, e com a maior cara de pau, ainda se justificam dizendo que os julgamentos são técnicos, quando na verdade é uma vergonha, e a própria desmoralização da Suprema Corte perante a sociedade, mas eu creio que os verdadeiros Juízes e o povo brasileiro saíram vencedores.

  3. Todos do PSDB se acham únicos e exclusivos, aí vai prós juízes do PSDB tambem , FHC ,Aécio,Alkimim, agora o
    mais novo emplumado,prefeito sp já querendo Passar perna em todo mundo, líder do deles mesmo,nasceu outros destroem.

  4. Esse canalha se curvou para os fascinoras e deu como desculpa a estabilidade política! O Brasil superaria a instabilidade e se mostraria forte, porém esse vassalo da corrupção nos tirou a confiança e a esperança na Justiça!

  5. Parabéns magistrado, mas penso que seria muito importante que todos os magistrados deveriam se unir de forma explícitas e relnente se manifestarem junto com a opinião pública contra este boca fofa, que está causando nojo é uma desconfiança na justiça

  6. Que as palavras desse juiz seja abençoadas e que EXONERAR esse Gilmar é a melhor coisa que possa acontecer no momento……… impeachment já….

  7. Certa vez, durante o julgamento do Mensalão, o Ministro Joaquim Barbosa dirigiu ao Ministro Gilmar a seguinte frase: ” Vossa Excia me respeite, que eu não sou um dos seus jagunços de sua fazenda em Mato Grosso.” Já naquela época o ministro Gilmar, costumava implicar com a Lei e com seus pares.

  8. ESTÁ DEMORANDO MUITO PRA CAIR ESSE SUPREMO TODO APADRINHADO, TEM QUE TER UMA FORMA DE RETIRAR TODOS QUE FORAM COLOCADO LÁ PELOS QUE ESTÃO ENVOLVIDOS NA MAIOR CORRUPÇÃO DA ESTÓRIA DO BRASIL . FORAM COLOCADOS POR BANDIDOS E COMO ELES PODERIAM JULGAR QUEM OS NOMEOU?