Moro nega pedido de Lula e sentença do caso tríplex pode sair a qualquer momento

 

Advogados do ex-presidente queriam incluir na ação depoimentos que foram feitos em outro processo. Juiz recusou a petição argumentando que instrução processual já terminou
O juiz Sergio Moro negou nesta terça-feira (11) um pedido apresentado pela defesa do ex-presidente Lula que, se acatado, poderia atrasar o julgamento do processo do apartamento tríplex do Guarujá (SP). Na segunda-feira (10), os advogados de Lula haviam protocolado uma petição para que Moro incluísse, na ação do tríplex,11 depoimentos que constam do processo da Lava Jato referente ao Instituto Lula. No entendimento dos defensores, esses testemunhos têm relação com o caso do apartamento do Guarujá e demonstram a inconsistência da acusação do Ministério Público Federal (MPF).
Moro, no despacho, negou o pedido argumentando que a fase de “instrução já se encerrou faz tempo, as alegações finais foram apresentadas e o processo está concluso para sentença”. O juiz da Lava Jato entendeu ainda que os depoimentos não são relevantes para o julgamento do caso do tríplex.

Fonte: Gazeta do Povo-Paraná 

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s