Cara a cara: Moro marca novo depoimento de Lula na República de Curitiba

Screenshot_2017-07-28-20-38-46.jpg

O juiz Sérgio Moro decidiu nesta sexta-feira (28) que o depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em um dos processos a que ainda responde, será presencial. A oitiva está marcada para o dia 13 de setembro e deverá ocorrer em Curitiba.

No despacho em que marcou as audiências para ouvir os réus do processo, Moro tinha sugerido que o depoimento de Lula fosse realizado por videoconferência. O magistrado argumentou que foi necessário um amplo aparato de segurança para garantir a tranquilidade dos trabalhos em outro depoimento prestado por Lula, no processo em que o ex-presidente acabou condenado por ter recebido propina da OAS.

Os advogados de Lula, no entanto, foram contrários ao depoimento por videoconferência. Eles defenderam que o réu tem o direito de estar diante do juiz para prestar os devidos esclarecimentos, quando necessário. A defesa também arguiu que Lula já prestou depoimento em outros processos, em São Paulo e Brasília, e que nunca foi necessária nenhuma segurança adicional por isso.

Este será o segundo interrogatório de Lula na condição de réu, em um dos processos referentes à Operação Lava Jato, que tramitam no Paraná. No primeiro, referente ao triplex em Guarujá, a ida de Lula gerou amplo esquema de segurança na cidade, desde a chegada ao Aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais, até a saída da Justiça Federal, após quase cinco horas de audiência.

Á época, a Polícia Militar (PM) informou que gastou R$ 110 mil no esquema de segurança. De acordo com o juiz Sérgio Moro, a recomendação para que o interrogatório seja feito a distância está atrelada a este gasto. Houve protestos contra e a favor do ex-presidente, em pontos separados da cidade.

Participe da discussão

5 comentários

  1. Concordo com Lula. Ele não deve explicar coisa alguma, antes, deve pagar por seus crimes.
    Notadamente mentiroso, vai explicar o quê ?

  2. Kkkkk nem o professor karnal ou Cortella ou mesmo grandes palestrantes que fazem mais de 20 palestras ao mês teria esse dinheiro disponível. Que ele apresente notas fiscais, recibos pagos e declaração em I renda de pessoa física declarado, como manda a lei. Ai sim poderíamos acreditar neste farsante. E mais: saiu 7.134 milhões em um único dia para transferência e ele não sabia que existe COAF? Sendo ex presidente da nação? Vc transferindo acima de 300 mil já acende sinal vermelho no olho digital. da receita Federal. Pelo amor de Deus! E tem neguinho que o defenda!

  3. Esse energúmeno deveria ser preso, além de todas as outras razões, por desacato à autoridade!
    O primeiro erro é continuar chamando esse lixo de “presidente”, quando seu título maior deveria ser presidiário.

  4. Sou Consultor Organizacional há mais de 20 anos. Tenho visto neste anos todos pessoas e organizações serem mal assessoradas, principalmente políticos. Seria muito mais plausível, e sujeito a menores riscos, se o ex-presidente Lula assumisse seus investimentos, com base em seus rendimentos.

Deixe um comentário
%d blogueiros gostam disto: