Recorde na Lava Jato: autuações da Receita Federal sobre investigados chegam a R$ 12 bilhões

Posted by

 

aig 2

O último balanço da Receita Federal, com informações sobre os investigados na Lava Jato, foi atualizado e mostra que as autuações do órgão decorrentes da Operação totalizam R$ 12,826 bilhões desde o início das investigações, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira, 18.

Somente no primeiro semestre de 2017, o montante foi de R$ 2,721 bilhões.
No total, foram feitos 1.905 procedimentos de fiscalização no âmbito da Lava Jato, 383 concluídos em 2017. Outras 1.004 fiscalizações estão em andamento.

O Fisco também lançou R$ 158 milhões relativos à Operação Zelotes. A Receita Federal também está pedindo a anulação de julgamentos do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) em que há suspeita de pagamento de propina em troca de decisões.

O valor total de autuações no primeiro semestre deste ano soma R$ 73,636 bilhões. O valor é 12,6% maior do que o lançado pelo fisco no mesmo período do ano passado. Foram 201.692 procedimentos de janeiro a junho, um crescimento de 14,8%. Os grandes contribuintes responderam por 75,1% das autuações e 61% do valor. Para esse grupo, os lançamentos somaram R$ 55,284 bilhões no primeiro semestre, alta de 13,2% na comparação com 2016.

 

A emissão de autos de infração pela Receita Federal não significa, porém, que estes recursos retornarão para os cofres públicos de forma imediata. O subsecretário de Fiscalização, Iágaro Martins, admite  que os recursos devem demorar para ingressar nos cofres públicos, considerando que o tempo médio de discussão administrativa e judicial supera 15 anos.

“Porque tem toda uma discussão. É uma poupança de longo prazo. Isso demora. Ele vai espernear ao máximo, porque são valores altíssimos que estamos lançando, vai contestar até a última instância”, afirmou ele.

A expectativa da Receita é de que o montante das autuações chegue a R$ 15,5 bilhões até o fim do ano.

Advertisements
Anúncios

Deixe uma resposta