Ministro Gilmar (vergonha) Mendes solta preso da Lava Jato

gilmar-e-moro

O ministro Gilmar Mendes concedeu habeas corpus a Lélis Teixeira, ex-presidente da federação das empresas de ônibus do Rio, informa a Folha.

Lélis foi preso na Operação Ponto Final, um desdobramento da Lava Jato, em julho. Ele é suspeito de participar do esquema de 500 milhões em propinas que as empresas de ônibus teriam pago a políticos, incluindo Sérgio Cabral.

Para Gilmar, os atos criminosos são graves, mas ocorreram de 2010 a 2016 –“distantes” do tempo da decretação da prisão preventiva.

 

Participe da discussão

4 comentários

  1. Brincadeira… Gilmar…tais levando em seu corja safado….que tipo de justiça que vc usa…

  2. Para não dizer que a maioria dos juízes não cumprem a lei, prefiro dizer que o juiz Gilmar Mendes envergonha o Brasil com as suas decisões. Escabrosas decisões.

  3. O MINISTRO GILMAR MENDES JÁ DEU VARIAS PROVAS DE QUE É UM GRANDE SAFADO, BANDIDO E CORRUPTO. NÃO SEI PORQUE UM CARA DESSE CONTÍNUA TRABALHANDO CONTRA O PAI E S E NINGUÉM FAZ NADA.

Deixe um comentário
%d blogueiros gostam disto: