Moro é aclamado em show do Skank

fa

 

O vocalista da banda Skank, Samuel Rosa, agradeceu a presença do juiz Sergio Moro durante apresentação do grupo em Curitiba, no sábado (19). Foi a senha para o público presente no Teatro Positivo ovacionar o magistrado. Além disso, a crise política foi lembrada pela plateia durante a música “Te ver”, no trecho em que Rosa cantou “É como não morrer de raiva com a política”.

Ao final do show, Moro e a esposa, Rosângela Wolff Moro, além de Fábio Aguayo (ao centro na foto), presidente da Abrabar (Associação Brasileira de Bares e Casas Noturnas) foram recebidos pela banda no camarim.

Moro já recebeu homenagens públicas em pelo menos três apresentações recentes de outros artistas em Curitiba (Fagner, Roupa Nova e Capital Inicial). Ele costuma ir aos shows acompanhado da mulher. Em alguns, passa incógnito, como durante a apresentação da cantora norte-americana Kate Perry.

O vocalista da banda Capital Inicial, Dinho Ouro Preto, fez uma homenagem ao juiz no ano passado durante um show em Curitiba. Ele dedicou a Moro a música “Que país é esse”. Moro chegou a levantar do camarote e acenar para a plateia. Ele foi aplaudido de pé.

Fagner

Em outubro do ano passado, Moro também foi ovacionado no show do cantor Fagner, em Curitiba. O magistrado estava no camarote com um boné vermelho e acenou para a plateia, desta vez mais contido do que meses antes, no show da banda Capital Inicial.

Restaurantes

Moro não tem sido homenageado apenas em grandes eventos. O magistrado tem sido constantemente assediado em restaurantes, shoppings e outros estabelecimentos comerciais. Até na hora de votar Moro recebeu homenagens.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: