Odebrecht diz que a comunista Vanessa Grazziotin embolsou R$ 1,5 mi. Rosa Weber manda PF investigar

 

Screenshot_2017-08-30-08-19-25A minnistra Rosa Weber, relatora no Supremo Tribunal Federal (STF) da investigação contra a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) fruto da delação premiada de executivo da Odebrecht, determinou o envio do inquérito à Polícia Federal. O material foi enviado nesta terça-feira (29) ao grupo da PF encarregado de investigar autoridades com foro no Supremo. A polícia terá 60 dias para tocar a apuração.

Na colaboração que prestou à Procuradoria-Geral da República, o ex-executivo da Odebrecht Fernando Reis apontou o pagamento de R$ 1,5 milhão via caixa dois à campanha da senadora para a prefeitura de Manaus em 2012. A negociação, segundo Reis, envolveu o marido da parlamentar, o ex-deputado Eron Bezerra, presidente do PCdoB amazonense. Os dois serão ouvidos pela PF, além de Biaggio Sérgio Carollo, executivo da empreiteira.

Em nota divulgada à imprensa, Vanessa negou irregularidade e afirmou que todos os recursos de sua campanha em 2012 “foram legalmente contabilizados”.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: