Procurador de Brasília pede absolvição de Lula. Ele é o mesmo não viu crime nas pedaladas de Dilma em 2016

Screenshot_2017-09-01-17-27-48

O procurador do Ministério Público Federal (MPF), Ivan Marx, pediu hoje (1º) à Justiça Federal a absolvição do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do banqueiro André Esteves no processo que apura a suposta tentativa do ex-presidente de obstruir o andamento da Operação Lava Jato. No mesmo pedido, o procurador responsável pelo caso também pede a suspensão dos benefícios concedidos com base na delação premiada do ex-senador Delcídio do Amaral.

Nas alegações enviadas ao juiz Ricardo Leite, da 10ª Vara Federal em Brasília, responsável pelo caso,   Ivan Marx concluiu que não há provas de que Lula e Esteves participaram dos supostos crimes imputados pelo ex-senador nos depoimentos de delação.

“Para o procurador, ao contrário do que afirmou Delcídio do Amaral – tanto na colaboração quanto no depoimento dado à Justiça -, o pretendido silêncio de Cerveró, que à época cumpria prisão preventiva, não foi encomendado ou interessava a Lula, mas sim ao próprio senador”, diz nota do MPF.

PEDALADAS

Ivan Marx foi celebrado ano passado por militantes petistas ao entender que as pedaladas que justificaram o processo de impeachment de Dilma não configuravam crime comum.

As pedaladas fiscais consistiram no atraso de repasses do Tesouro Nacional para que bancos públicos pagassem obrigações do governo com programas sociais e empréstimos subsidiados. Por conta desses atrasos, as instituições tiveram de honrar as despesas com recursos dos correntistas. Para o Tribunal de Contas da União (TCU), as manobras foram operações de crédito ilegais entre os bancos e seu controlador, a União, pois não tiveram autorização Legislativa, como determina o Código Penal.

Participe da discussão

7 comentários

  1. Por ironia este procurador ja esta errado ate no proprio nome:

    IVAN- DO CLASSICO DE LITERATURA: “IVAN O TERRIVEL”
    MARX-SOBRENOME DE KARL MARX, O FUNDADOR DO MARXISMO (DOUTRINA RELATIVA AO SOCIALISMO/COMUNISMO) JUNTAMENTE COM ENGELLS.

    E MUITA DESGRACA JUNTO!

  2. Como pode o responsável pelo ministério público de Brasília ter permitido que o procurador Ivan Marx, atue num processo em que tenha envolvido próceres do PT.
    Ivan já inocentou a Dilma, o PT e jamais fez uma única investigação, só apresentou convicções de esquerda em todas as oportunidades que teve. Uma grande vergonha para os seus colegas.
    Discursou em várias oportunidades contra o impeachment da Dilma, inclusive durante o processo.
    E não é esta a primeira oportunidade que estamos falando o mesmo deste cidadão.

  3. Eu nao me surpreendo pois com um nome desses so podia dar nisso. Se nao e descendente do Karl Marx, o nome deve ter influenciado a sua vida e sua moral inexoravelmente. Da nojo de gente corrupta e nos precisamos acabar com eles todos sejam togados ou rales politicos semi-analfabetos que pensam que sao inimputaveis chega de podridao no Judiciario, no Executivo e no Legislativo. Precisamos de militares machos para npos livrar desses SERVICAIS do crime.

  4. Este PROCURADOR É COMUNISTA… Está claríssimo… Ele pode ser um Procurador de encrenca., Deveria ir para a Rússia. Já que gosta tanto !!!

  5. Esse almofadinha pensa que e gente! Se ele nao investiga nada relacionado ao PT, nao condena Lula e ainda o absolve pela Obstrucao a Justica, quando tentou comprar o silencio do Cervero atraves do seu filho, que em contrapartida gravou uma conversa entre ele e Delcidio e portanto provou que Lula estava por tras de tudo, como e que ainda esta com os processos de gente do PT em maos? Ele teria que se considerar nao isento para julgar casos como esse onde sem prova nenhuma de inocencia ele vai inocentando um CHEFE DA ORCRIM , assim sem mais nem menos. Chega de agentes publicos SERVICAIS do crime! Esse e um dos piores porque decide sem nem investigar. Assim, nem precisa ser juiz. ate eu faco mas baseada em provas. Se ele nao sabe isso, nao serve para nada, nuito menos para julgar um reu com mais de 6 processos por tudo quanto e crime.

Deixe um comentário
%d blogueiros gostam disto: