Com 51 milhões de reais seria possível pagar o salário de 22.174 professores de escolas públicas

profs

 

Muitos problemas poderiam ser resolvidos, em grande parte, com os R$ 51.030.866,40 nas malas encontradas pela Polícia Federal em um apartamento em bairro nobre de Salvador, na Bahia. Como, por exemplo, pagar o salário de 22.174 professores com formação de nível médio e atuação em escolas públicas por um mês, considerando o piso de R$ 2.300 definido pelo Ministério da Educação que não é cumprido por todos os estados.

Esse dinheiro pertence ao peemedebista Geddel Vieira Lima, ex-deputado federal com cinco mandatos e ex-ministro do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva e do presidente Michel Temer, além de vice-presidente da Caixa durante o governo da presidente Dilma Rousseff.

Mas você imagina o que poderia ser feito com esse montante, caso o dinheiro fosse destinado às causas que interessam à população? Veja.

A plataforma desenvolvida pelo Estado ‘De Real para Realidade’, que converte valores de corrupção em bens ou investimentos públicos, mostra que, com o dinheiro encontrado no bunker, seria possível comprar  22.972.972 merendas escolares ou  618 ambulâncias. Também de acordo com a ferramenta, o valor representa 994 viaturas policiais.

Outros cálculos mostram que seria possível custear o benefício do bolsa família de 600 mil pessoas de um mês, levando em conta o subsídio de valor mais baixo;

 

 

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: