Filme sobre a Lava Jato estreia no feriado de 7 de setembro

lav

Estreia amanhã (7 de setembro) em 737 salas de cinema no país o longa Polícia Federal – A lei é para todos, que mostra como teve origem a Operação Lava-Jato, o esquema de pagamento de propinas a políticos e fraudes em contratos da Petrobras.

No longa metragem, que mostra o desvio de dinheiro público e pagamento de propina, a operação é contada a partir do olhar de um delegado: o chefe da força-tarefa, vivido por Antônio Calloni. “Ele reuniu esses delegados todos para investigar, a princípio, uma coisa muito pequena, que ninguém sabia onde ia dar”, afirmou Calloni.

O filme “Polícia Federal – a lei é para todos” relembra, na ficção, como começou a maior operação de combate à corrupção no país. “O filme tem uma coisa didática, boa, explica exatamente como começou a Lava Jato, lá dos primórdios”, destaca o ator Marcelo Serrado.

O longa revela o empenho de policiais, promotores e juízes para desvendar o esquema de lavagem de dinheiro e de pagamento de propina a executivos, empreiteiras, partidos políticos parlamentares. “São delegados da polícia federal incorruptíveis. São funcionários públicos, servidores públicos que estão a serviço da lei, a serviço da verdade. Talvez o heroísmo esteja nisso, nas pequenas coisas”, diz o ator Bruce Gomlevsk.

O filme tem um recorte cronológico desde o início da operação Lava Jato até março de 2016 e como a força tarefa está em andamento, outros longas sobre o tema já são esperados pelo público e pelo elenco.

“Diariamente, infelizmente, a gente tem novos fatos quase que de hora em hora. Então, a intenção é tomara que o público veja e seja sucesso para que a gente venha com os dois, contar a outra blocada dessa história e aguardar cenas do próximo capítulo”, disse a atriz Flávia Alessandra.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: