Dirceu pode voltar para cadeia a qualquer momento. TRF de Porto Alegre decide

Dirc

 

O ex-ministro e ex-presidente do PT, José Dirceu, está fora da cadeia desde maio, porém, usando uma tornozeleira eletrônica de monitoramento. Condenado pelo crimes de corrupção e lavagem de dinheiro o ex-líder petista pode voltar para uma cela dependendo do resultado do julgamento que aconteceu hoje, às 13h30, no TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª região), em Porto Alegre (RS).

Ao contrário do ex-presidente Lula, que depõe hoje no mesmo horário em Curitiba, Dirceu não deve contar com o apoio da militância petista no julgamento em Porto Alegre.

Dirceu, que foi ministro da Casa Civil no governo Lula, entrou com um pedido de apelação contra a sentença do juiz Sérgio Moro, da Justiça Federal de Curitiba, que o condenou a 23 anos de prisão em razão do seu envolvimento no esquema de corrupção da Petrobras.

Moro condenou Dirceu por ter recebido cerca de R$ 15 milhões de propina da empreiteira Engevix. Se a 8ª Turma do TRF-4 mantiver a decisão de Moro, o ex-presidente do PT deve voltar para a cadeia.

Dirceu já tem duas condenações na Lava Jato que somam 31 anos de prisão. Ele estava fora da cadeia por conta de uma decisão da 2ª turma do STF, que acatou o pedido de relaxamento da pena.

 

Participe da discussão

2 comentários

  1. Tem que prender toda a QUADRILHA organizada mesmo. Está QUADRILHA organizada está deixando os BRASILEIROS à passar pão e água.

Deixe um comentário
%d blogueiros gostam disto: