Joesley e Saud ficam mudos em audiência. Defesa explica: “Eles não sabem o que são”

 

jsa

Atendendo à determinação da ministra Cármen Lúcia, presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), o empresário e sócio do grupo JBS, Joesley Batista, e o executivo Ricardo Saud prestaram depoimento na tarde desta quinta-feira (15) na Superintendência da Polícia Federal, em Brasília, onde ambos estão presos temporariamente desde segunda-feira (11).

De acordo com o advogado de ambos, Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, tanto Joesley como Saud se mantiveram calados durante o depoimento. “Eles não têm como falar porque não sabem sequer juridicamente o que são, se são colaboradores –obrigados a falar a verdade e entregar toda a documentação–, ou se seriam investigados, que podem agir inclusive com o direito de não se autoincriminar”, afirmou Kakay.

Quando o áudio com uma conversa de mais de quatro horas entre os dois foi divulgado, na última terça (5), Cármen Lúcia afirmou que os executivos agrediram “de maneira inédita” a “dignidade institucional” do STF e “a honorabilidade de seus integrantes”

O diálogo traz menções a ministros do Supremo como a própria presidente, além de Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes. Na gravação, Saud também diz a Joesley que o ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo teria afirmado que tem  q tem cinco ministros do STF nas mãos. Cardozo nega.

Nos depoimentos que prestaram no último dia 7 à PGR, Joesley e Saud disseram que as referências que fizeram aos magistrados eram “bravata” em uma “conversa de bêbados”, e que não tinham conhecimento de nenhuma irregularidade que poderia comprometer algum ministro do STF.

A ministra enviou ofícios à PF e à PGR (Procuradoria-Geral da República) exigindo investigação imediata sobre as citações feitas a ministros do STF “a fim de que não fique qualquer sombra de dúvida sobre a dignidade deste Supremo Tribunal Federal e a honorabilidade de seus integrantes”. O depoimento de hoje é parte dessa investigação.

Participe da discussão

1 comentário

  1. Amei ver estes IRMÃOS METRALHAS, PRESOSSSSSSSSSSSS. Quero que entregue seu SÓCIOS: LULAdrão e LULINHA, E DEVOLVAM O DINHEIRO DOS NOSSOS IMPOSTOS. PRISÃO PERPÉTUA PARA TODOS OS CORRUPTOS E CORRUPTORES..

Deixe um comentário
%d blogueiros gostam disto: