Palocci entrega Gleisi

 

pg

Na proposta de delação que negocia com a força-tarefa da Lava-Jato, o ex-ministro Antonio Palocci afirma que a anulação das provas da Operação Castelo de Areia no Superior Tribunal de Justiça (STJ) rendeu ao PT uma propina de 50 milhões de reais. O dinheiro foi repassado ao partido pela empreiteira Camargo Corrêa, que estava no centro das investigações. Para mascarar os pagamentos, a empreiteira realizou diversas doações oficiais ao PT na campanha de 2010.

Segundo Palocci, a atual presidente nacional do partido, senadora Gleisi Hoffmann, recebeu doações da Camargo Corrêa como parte do acerto envolvendo a operação no STJ. Gleisi elegeu-se senadora pelo Paraná naquele ano. Ela sempre negou o recebimento de qualquer doação ilícita de campanha.

Fonte: Veja

Anúncios

2 comentários

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s