“Hipocrisia, a marca registrada da esquerda”, diz Claudia Wild sobre ataques ao General Mourão

 

gen mo

 

Uma da mais importantes influenciadoras digitais se posicionou abertamente hoje em defesa do general do Exército da ativa Antonio Hamilton Martins Mourão. Claudia Wild publicou um post em que mostra a “hipocrisia da esquerda” ao tecer críticas ao militar. No dia 17, ele defendeu, em uma palestra em Brasília, a intervenção militar caso a crise enfrentada pelo Brasil não seja resolvida pelas próprias instituições. Após este episódio, vozes contrárias se posicionaram radicalmente nas redes sociais, a ponto de pedir sua prisão, como no caso do jornalista Marco Antonio Villa, no seu programa na rádio Jovem Pan.

Veja também um trecho publicado pela revista Carta Capital, ideologicamente de esquerda: “O desembaraço com que Mourão tem defendido uma atuação do Exército na política mostra, porém, como há cada vez menos constrangimentos das viúvas da ditadura em defender seus planos autoritários para o País.”

Agora, leia o manifesto de Claudia Wild como resposta ao discurso dos representantes da esquerda:

“Nunca pediu qualquer explicação sobre as tropas militares do Maduro na Venezuela, apoiou e glorificou o “comandante Fidel“ juntamente com seu exército assassino até o último dia de vida do ditador e hoje apoia seu irmão militar, o “comandante Raul Castro”. E agora, cinicamente, cobra uma “explicação“ de um General exemplar – que apenas afirma ser um cumpridor da Constituição Federal . Menos, meus senhores! Menos! Força, General Mourão. Eles nos devem inúmeras explicações e não o senhor. Eles arruinaram a nossa democracia e destruíram o país.”

Participe da discussão

5 comentários

  1. O Brasil apóia a intervenção militar. A mais pura verdade o que falou Cláudia Wild e estamos todos juntose apoiando o general Mourão!!!!!

  2. Uma intervenção militar se faz necessária, as instituições estão falidas a muito. Medo de intervenção existe pelos que querem o “status quo”para falirem com a nação.

  3. Hipocrisia mesmo! Todo apoio à fala do Gal.Mourão e à resposta da Claudia Wild aos esquerdóides, parabéns!

  4. então, se os militares queriam o apoio da sociedade, parece que não restam mais duvidas. Acabou o papo da esquerda imbecilizada, querer denegrir as Formas Armadas. Pois, para os filhos do Brasil, após década de 1970, não se recordam da ação militarizada de 1964. Onde os militares tiveram que tomar o comando do País, para por ordem e disciplina na desordem que os “esquerda de hoje= comunistas badernistas daquele tempo”, taxaram de ditadura. Mas na verdade o que havia era real liberdade de ir e vir para as pessoas que estavam trabalhando, estudando, e respeitavam o comando militar. Hoje, não temos nada, uma falsa democracia que estrangula toda espécie de ordem cívica e dever pátrio, pois o cidadão que impulsiona com seu trabalho e produção a economia do Brasil, esta acabrunhado, encurralado, e sem o mínimo de segurança. sem poder educar devidamente seus filhos pela interferência maldosa e perversa do estado , que imprime um sistema divergente e destruidor do caráter da criança do jovem e mesmo da escravização indireta das mais diversas classes sociais com seu povo de todas as faixas etárias.

    SENHORES GENERAIS, O BRASIL OS ESPERA!….

  5. Todas as pessoas de bem deste país e pode ter certeza que é a maioria Cláudia apoiam intervenção militar. Parabéns pelo seu comentário. Parabens pela coragem General.

Deixe um comentário
%d blogueiros gostam disto: