Palocci entrega carta à Gleisi: “Deveriam reconhecer seus erros e colaborar com a justiça”

pal

O ex-ministro Antônio Palocci enviou, nesta terça-feira (26), uma carta ao Partido dos Trabalhadores (PT), em que pede a desfiliação da legenda. No documento de quatro páginas, ele descreve os motivos pelos quais resolveu deixar o partido que ajudou a fundar. A carta é endereçada à presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann.

Há cinco dias, ele foi suspenso pelo Diretório Nacional do partido.

No texto, Palocci adota um tom duríssimo contra o partido da qual já foi um dos principais nomes. Diz que o PT deveria reconhecer seus erros e colaborar com a Justiça, sugestão que ele próprio teria dado a Lula e Rui Falcão numa conversa antes de ser preso.

Ele também afirma que seu depoimento a Sergio Moro foi absolutamente verdadeiro e que ele tem como provar o que diz. “Não posso deixar de destacar o choque de ter visto Lula sucumbir ao pior da política”, escreveu Palocci.

 

carta 1

carta 2

carta 3

carta 4

Participe da discussão

2 comentários

Deixe um comentário
%d blogueiros gostam disto: