Dodge sobre Lava Jato: “resultado transformador e inibitório da prática de crimes”

 

ddg

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, disse,  a despeito de não ter mencionado a Lava Jato, em seu discurso de posse, que tem “o compromisso de manter a operação”, em entrevista para imprensa na última terça.

“O compromisso do Ministério Público com o combate à corrupção, em especial com a Lava Jato, que tantas transformações benéficas tem trazido para o país, é o meu compromisso. Todos os membros do Ministério Público Federal, assim como a população, reconhecem a importância dessa investigação”, declarou. Para ela, a Lava Jato tem resultado “transformador e inibitório da prática de crimes”.

Sobre a segunda denúncia oferecida ao STF contra o presidente Temer, acusado de chefiar organização criminosa e obstruir a Justiça, Dodge disse que aguarda decisão da Câmara e que, se o prosseguimento for autorizado, levará o processo adiante.

“Não me cabe dar opinião sobre o que fará a Câmara, porque respeito essa instituição, cada uma trabalha no domínio de sua atribuição. Se a Câmara aprovar a continuidade dessa tramitação, exercerei aquilo com clareza e transparência. A denúncia será submetida ao plenário do STF e, se recebida, deverá ter continuidade porque a ação penal é indisponível. Nenhum procurador pode dispor da ação penal, voltar atrás. Uma vez recebida, darei a ela a continuidade que é do mister do meu cargo”, afirmou

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: