Tucanos atacam STF para suspender afastamento de Aécio

Screenshot_2017-10-02-17-37-01

Os advogados de Aécio Neves e o PSDB protocolaram nesta segunda-feira, no Supremo Tribunal Federal, um mandado de segurança pedindo que a decisão que levou ao afastamento de Aécio do mandato seja suspensa até que se esgotem os recursos possíveis para o caso.

 

No último dia 27, a primeira turma do tribunal determinou o afastamento do senador e também proibiu Aécio de sair de casa à noite.

 

A defesa dele argumenta que Aécio ainda não foi denunciado, e que o afastamento causa prejuízo irreparável para ele, seu partido e para os seus eleitores.

 

O PSDB também protocolou um mandato de segurança pedindo o retorno de Aécio a suas funções como parlamentar.

 

O partido argumenta que afastar um senador por tempo indeterminado corresponde a cassar seu mandato e direitos políticos e, segundo a Constituição, isso somente poderia ser feito pelo próprio poder legislativo

 

Participe da discussão

1 comentário

  1. Porque não pode, se ele está bem nítido o que falou, até em matar Para não delatar e isto se referia a um próprio primo. Isto para mim já é suficiente para ele estar afastado.

Deixe um comentário
%d blogueiros gostam disto: