Comitê Olímpico Internacional suspende Nuzman e COB

 

Dil nuz

Comitê Olímpico Internacional (COI) não amaciou diante do escândalo de compra de votos para a eleição do Rio como sede dos Jogos Rio-2016, no qual se envolveu Carlos Arthur Nuzman. O COI suspendeu o dirigente brasileiro de todas as atividades ligadas à condição de membro da entidade, retirou Nuzman da comissão de coordenação dos Jogos Olímpicos de Tóquio e ainda suspendeu provisoriamente o Comitê Olímpico do Brasil (COB).

A punição ao Comitê nacional implica na suspensão de envio de subsídios e pagamentos vindos do COI. A decisão, no entanto, não afeta os atletas brasileiros, como forma de protegê-los, segundo a entidade internacional.

Portanto, as delegações brasileiras serão aceitas nos Jogos Olímpicos de Inverno e nas outras competições. A bolsa olímpica dos atletas brasileiros também continuará a ser paga pelo COI.

A revogação da suspensão se dará quando questões de governança do COB forem enviados ao Comitê Executivo do COI.

Em nota, o COI reiterou “o compromisso de proteger a integridade do esporte”. A entidade ainda disse que fez um pedido às autoridades judiciais do envio de informações sobre o caso para que o Comitê de Ética do COI acompanhe os desdobramentos.

 

Fonte: Terra

Participe da discussão

1 comentário

  1. FOI UMA ÓTIMA ATITUDE DO COMITÊ OLÍMPICO INTERNACIONAL (CÓI). SE NO BRASIL AS PESSOAS NÃO ACOLHEM UNANIMES AS DECISÕES DA JUSTIÇA PARA CORRIGIR ESSAS DISCREPÂNCIAS GERADAS PELA CORRUPÇÃO, NOS EXTERIOR RECONHECEM DE IMEDIATO O VALOR DAS AÇÕES IMPLEMENTADAS E EM PRÁTICA EXECUTIVA DAS AÇÕES INVESTIGATIVAS E PROCESSUAIS QUE SE FAZEM NECESSÁRIA EM FAVOR DO BEM COMUM, O BRASIL, E ATÉ MESMO NO MUNDO, COMO NESSE CASO: CÓI. E JOGOS OLÍMPICOS NO RIO DE JANEIRO-BRASIL!. PARABÉNS A TODOS .

Deixe um comentário
%d blogueiros gostam disto: