“Se Bolsonaro agrada ao mercado, nós temos que desagradar”, explica Lula aos petistas

 

bollu

Condenado a 9 anos e 6 meses de prisão em primeira instância, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez um discurso ontem (9), em Brasília, em que atacou a Lava Jato,  disse que está “lascado” e espera “desculpas” do juiz Sérgio Moro. Ele também se dirigiu ao seu  principal adversário político, o presidenciável Jair Bolsonaro.

Lula provocou o deputado Bolsonaro e disse que os petistas devem fazer o oposto do que ele faz. “Se o Bolsonaro agrada ao mercado, nós do PT temos de desagradar ao mercado”, insistiu.

A cúpula do PT pretende manter a candidatura de Lula à Presidência até serem esgotados todos os recursos jurídicos, mesmo que ele seja condenado em segunda instância e vire ficha suja. Nesse cenário, Haddad só será uma opção em último caso. Por enquanto, o ex-prefeito e ex-ministro da Educação pretende concorrer ao Senado.

Logo que o ex-presidente entrou no auditório do Centro Internacional de Convenções, um pequeno grupo gritou bem alto “Lula, ladrão!”. Diante de olhares perplexos, os petistas emendaram: “Lula, ladrão, roubou meu coração!”.

Sobre a reação co mercado com o candidato a presidente Jair Bolsonaro, leia a matéria completa no link: Para Valor Econômico, mercado está encantado com Bolsonaro.

Participe da discussão

2 comentários

  1. SEJA POBRE OU RICO, DR.OU PEÃO, QUEM TEM UM NOME A ZELAR, NÃO VOTA EM LULADRÃO!!!

Deixe um comentário
%d blogueiros gostam disto: