“Como vou comer?” Ministra que fez declarações polêmicas desiste de pedir salário de R$ 61 mil

Lui

A ministra dos Direitos Humanos, Luislinda Valois, desistiu de pedir aumento salarial. Desembargadora aposentada, ela recebe R$ 33,7 mil mensais, o teto permitido ao funcionalismo público pela Constituição, mas pleiteava ganhar R$ 61,4 mil.

O tema tem sido alvo de polêmica e, na tarde desta quinta-feira (2), um comunicado da pasta que ela comanda informou que foi redigido um novo requerimento de desistência e arquivamento da solicitação do reajuste dos vencimentos da ministra.
Dos R$ 33,7 mil (valor equivalente ao salário de um ministro do Supremo Tribunal Federal), Luislinda recebe R$ 30.471,10 referente à aposentadoria do Judiciário e o restante, R$ 3.292, por atuar como ministra. O salário de ministro de Estado é de R$ 30.934,70, mas o “abate teto” tira R$ 27.642,80 da titular dos Direitos Humanos.
Pela manhã, em entrevista ao programa Timeline, da Rádio Gaúcha, Luislinda afirmou que tinha direito de pedir aumentos em seus ganhos, justificando que teria muitos gastos. Ao encaminhar pedido de aumento, alegou que “trabalho executado sem a correspondente contrapartida” seria equivalente a “trabalho escravo”.
— Como vou comer, beber e calçar? — questionou na Rádio Gaúcha

Como ministra, ela tem direito a carro com motorista, uso de jato da Força Aérea Brasileira (FAB), cartão corporativo e imóvel funcional.

Fonte: ClicRBS

Anúncios

5 comentários

  1. SERÁ QUE A SOCIEDADE OLHOU BEM PRA CARA DESSE LIXO? SE AUTO-VALORIZANDO QUANDO MUITAS FAMÍLIAS SAEM PARA O TRABALHO COM UM CAFÉ SECO; SEUS FILHOS SE ALIMENTAM QUANDO DORIA NAO LHES ROUBAM A REFEIÇAO E BOTA RAÇAO NO LUGAR; CRIANÇAS FICAM EM PRONTOS SOCORROS PORQUE HOSPITAIS DE QUALIDADE SÓ PARA OS 3 PODERES E DEPUTADINHOS PÉS DE CHINELO.
    AGORA VEM ESSE LIXO QUERER SER MELHOR QUE NOS, OS PAGADORES DE IMPOSTOS, PARA COMPRAR PAPEL HIGIENICO DE QUALIDADE PRA ESSA PORCARIA,.
    GENTE ACORDE. ENQUANTO VOCE FICA ASSISTINDO A GLOBOSTA OU INDO PARA PANCADOES OU PRA AV PAULISTA QUE VIROU UM LIXO TAMBÉM, ESSA GENTALHA VAI SUBINDO DEGRAUS QUANDO DEVIA ESTAR DEBAIXO DOS NOSSOS PÉS.
    LIXO, VERME, LIXO, VERME É O QUE ELA É….. DENEGRIU A MINHA COR…. TENHO VERGONHA DE SER NEGRA QUANDO ESSE LIXO FOI COLOCADA NO CARGO DE “MINISTRA”, não serve nem pra flanelinha. (com todo respeito a essa categoria)

    Curtir

  2. Essa tentativa da Ministra, exemplifica bem a qualidade, responsabilidade, e idoneidade dos servidores públicos do nosso país, em relação aos cidadãos que dão um duro com muitas dificuldades para bancarem seus exorbitantes e indevidos salários, gratificações, e oda espécie de mordomia. // Essa injustiça é que impede o avanço do Brasil nos trilhos da prosperidade para todos, infelizmente.//.

    Curtir

  3. Como eu vou comer? Um presidente que tem como ministro uma pessoa com esse nível de consciência ou é absolutamente incompetente ou é refém imprestável dos seus compromissos políticos. E, a criatura que tem essa visão da distância entre seus direitos e os direitos da população não tem a menor qualificação para exercer uma função pública.

    Curtir

  4. Ora, sendo da periferia, deve conhecer muitas mulheres que necessitam comer, calçar, beber e sobrevivem com um único e parco salário mínimo portanto, profunda conhecedora dos gastos cortados para alimentar seus filhos, netos, e levar uma vida digna e honrada… Basta “pedir” um aconselhamento e com certeza será prontamente atendida pois embora a vida que elas vivem, resta à elas a humildade, honestidade e honra que não deixarão de ser solidárias à V.Excia…. Simples assim…

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s