Erika Kokay, a deputada que defende o incesto

Posted by

 

Screenshot_2017-11-12-14-47-42

Por Claudia Wild*

Talvez uma das maiores benesses trazidas pela internet foi a capacidade de desmascarar impostores de toda ordem. Temos, a partir dela, a possiblidade de saber em tempo recorde aquilo que anteriormente ficava restrito ao âmbito das redações de jornais, revistas, círculos políticos e não era passado para a grande massa.

É sempre surpreendente o potencial dos nossos políticos em mostrar seus projetos esdrúxulos, suas convicções deletérias e uma série de comportamentos dignos de presídios ou hospícios.

Neste sentido, fomos agraciados com um vídeo tragicômico de uma conhecida deputada petista, expert na arte de falar asnices, mostrar sua gigante desonestidade intelectual e defender o indefensável. Erika Kokay (PT-DF) apareceu em uma filmagem, toda serelepe e convicta, defendendo a destruição da “família patriarcal” para o surgimento do caos capaz de aniquilar a sociedade de classe, seus postulados, e, através da anarquia poder-se derrubar – o que a deputada chama de um dos maiores tabus da humanidade, o incesto. Que uma vez inexistente daria lugar a uma nova sociedade incestuosa, apta a levar os ideais da revolução aos píncaros do sucesso.

Silêncio absoluto na esquerda. Ninguém apareceu para rebater, defender ou reinterpetar o disparate dito pela senhora Kokay. A parlamentar, em outras e frequentes oportunidades, mostrou-se de baixíssima cognição – que não só ignora padrões civilizacionais, padrões ético-morais e também biológicos – pois, qualquer estudante subginasiano e com capacidade cognitiva acima dos setenta pontos é sabedor das graves consequências geradas por relações incestuosas.

A indigitada parlamentar, certa vez, foi solenemente desmascarada por um pastor evangélico, quando da apresentação de um bizarro projeto de lei, que previa – dentre outros despautérios – a possibilidade cirúrgica da mudança de sexo para menores de idade, crianças. Ela, na ocasião, teve a audácia de trazer uma nova versão sobre a baboseira inútil que oficialmente apresentara – foi apanhada “ao vivo” com a boca na botija e fugiu do debate – incapaz de sustentar in situ sua patifaria e desfaçatez.

O referido vídeo que circula nas redes sociais expõe visceralmente aquilo que o Brasil de pior produziu em anos de progressismo e agenda marxista; cognição comprometida, ignorância, atraso, má-fé e descompasso com as reais necessidades nacionais.

Resta saber se esta senhora receberá um outro mandato do povo brasileiro para sustentar suas imprestáveis bizarrices patológicas, para desta forma, apenas queimar dinheiro público com suas estapafúrdias propostas marxistas – as mesmas que há mais de um século vêm mostrando seu retumbante fracasso e desonestidade congênita.

A deputada Kokay – fosse o Brasil um país sério – estaria agora em maus lençóis e deveria uma explicação ao seu público ( certamente de origem não-incestuosa). Mas, muito provavelmente, já deve estar preparando sua próxima proposta insalubre para o país.

Estas autoridades públicas não permitem que nosso país deixe a barbárie e o subdesenvolvimento. Como disse Nelson Rodrigues: “Subdesenvolvimento não se improvisa; é obra de séculos”. Eis a prova dele! Da próxima vez, o Parlamento deveria exigir, também, um teste cognitivo e de sanidade psíquica aos seus postulantes. Esta exigência nos pouparia de espetáculos deprimentes como os protagonizados pela deputada Erika Kokay.

*Claudia Wild é colunista da página República de Curitiba BR

Advertisements
Anúncios

2 comments

  1. Nobre dePUTAda, sinto-me humilhado em ter no Congresso Nacional, uma voz como a sua,representando uma (pequena parcela) do Povo Brasileiro (minhas congratulações) aos seus eleitores. Sinto muito tambem que tenhas tido (no inicio de tua vida) alguma experiência SEXUAL, com um ou todos os teus familiares e tenhas (GOSTADO), porem, em nome das familias, deste Povo honrado e de alicerces Matriarcais e Patriarcais, agradecemos essa oferta prazerosa que deves ter tido,mas , preferimos as tradicionais e calcadas nos ensinamentos CRISTAOS. Continua, já que tanto gostas , com esse teu FETICHE, e que Deus se apiede de ti e os homens tambem.

Deixe uma resposta