Lula reforça discurso agressivo contra mercado e vai para o RJ em busca de voto

Posted by

lul

Apesar de reações negativas no mercado financeiro, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pretende manter o discurso mais à esquerda. O cálculo, segundo integrantes do PT, é que uma eventual modulação mais ao centro não conquistaria a simpatia do establishment para sua pré-candidatura ao Palácio do Planalto e ainda desagradaria a base petista.

Ainda que sua candidatura dependa da Justiça, já que espera análise de recurso contra sua condenação pelo juiz Sergio Moro no caso do triplex, a plataforma de Lula diz que ele vai derrubar o teto de gastos públicos; revisar pontos da reforma trabalhista; e voltar a turbinar o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

“Dizem que o mercado está com medo do Lula. Eu não vou pedir voto pro mercado. Tem que votar contra mesmo”, discursou o ex-presidente em ato político em Diamantina, no último dia 28, durante caravana que fez por Minas Gerais.

Na tentativa de minimizar o temor do mercado financeiro, auxiliares de Lula afirmam que ele subiu o tom apenas na política, e que suas convicções sobre macroeconomia continuam as mesmas que guiaram seus oito anos de governo. Esses auxiliares ressaltam, por exemplo, que Lula fez um ajuste fiscal no início de seu primeiro mandato.

E para tentar um apoio para sua candidatura no Rio de Janeiro, onde enfrenta o crescimento do nome de Bolsonaro pela direita, Lula percorrerá todas as regiões do Estado, entre os dias 4 e 8 de dezembro, em sua caravana popular. A decisão foi anunciada ontem, durante o ato de lançamento da plataforma de consultas “ O Brasil que o Povo Quer”.

Advertisements
Anúncios

3 comments

  1. eu não acredito no que estou vendo será um sonho um cara condenado se candidatando isso do pode ser no Brasil né que palhaçada e essa

  2. SÉRGIO, NÃO É BRINCADEIRA, REALMENTE É DIFÍCIL ENTENDER . MAS A JUSTIÇA ESTÁ AGINDO DE FORMA COERENTE PARA NÃO CORRER O RISCO DE FUTURAS RETALIAÇÕES EM SUAS DECISÕES.// TUDO SERÁ NO TEMPO CERTO. O LULA NADA TEM A PERDER, COM SUAS ATITUDES, SE DEREM MOLEZA ELE CHEGA LÁ!

    ENQUANTO ISSO VAMOS CONVOCAR OS MILITARES A I N T E R V I R . NÃO HÁ OUTRO JEITO MESMO COM ELEIÇÕES EM 2018. PARA NOSSO PAÍS, VOLTAR AO QUE FOI ENTRE 1964/1985, SÓ COM INTERVENÇÃO. OK!

    PRECISAMOS CONTRIBUIR PARA RESGATAR OS BONS COSTUMES, A INTEGRIDADE FAMILIAR, O CONVÍVIO DOS CIDADÃOS, A DISCIPLINA COM ” ORDEM E PROGRESSO”, EDUCAÇÃO CÍVICO E RESPEITO PÁTRIO ..

    ISSO HAVIA NAQUELES TEMPOS: QUEM ERA OBEDIENTE A DISCIPLINA , IA E VINHE EM PAZ COM SEGURANÇA
    APOIO AO TRABALHO, EMPREGO, PRODUÇÃO-INVESTIMENTO, E O DESENVOLVIMENTO SEM CORRUPÇÃO E
    EXPLORAÇÃO.

    A DITADURA ESTAMOS VIVENDO DE 2002. PARA CÁ. UMA SUPOSTA DEMOCRACIA COM PROJETOS FUTUROS E ALIENANTES, COM POSSESSIVAS ATUAÇÕES POLÍTICAS DE GRUPOS E DE PARTIDO DOMINANTE. REFLITAM

    1. Só existe 2 tipos de pessoas que apoiam esse “GLAMOUR” intervencionista militar:
      1- O ignorante, ANALFABETO POLITICO, que não sabe nada do período militar;
      2- A ESCORIA CANALHA que dele se usufruiu.
      Não existe uma outra opção.

Deixe uma resposta