Moro está otimista com a indicação do novo chefe da PF no Paraná

Posted by

 

jm1

 

Agentes e delegados da Polícia Federal que atuam na Lava Jato no Paraná acreditam que a troca de comando na superintendência no estado não vai afetar o rumo da operação. A mudança é uma das primeiras ações do novo diretor-geral da instituição, Fernando Segóvia, confirmado no cargo no último dia 8.

Segóvia fará a substituição do atual superintendente da PF no Paraná, Rosalvo Ferreira Franco, pelo delegado Maurício Leite Valeixo, que já ocupou o mesmo posto entre 2009 e 2011.

Fontes ouvidas pela reportagem confirmam que a troca será bem recebida em todos os escalões. Interlocutores também apontam que o juiz Sérgio Moro vê com confiança a volta de Valeixo ao estado, já que o delegado já tinha atuando em ações relacionadas ao crime organizado e lavagem de dinheiro no Paraná.

O delegado deixa a diretoria de Investigação e Combate ao Crime Organizado (Dicor), na qual atuou por pouco mais de dois anos, e volta ao Paraná com o desafio de comandar a equipe que finalizará uma dezena de inquéritos, entre eles os que ainda investigam o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Fonte: Gazeta do Povo

 

live

Advertisements
Anúncios

2 comments

  1. Não acredito que uma pessoa num cargo desse escolha ficar do lado errado colocar em risco seu cargo e rua moral não e crédito que dentro da polícia federal ainda tenha maus elementos, pois hoje e uma instituição mais seria do planeta.

  2. “Há, ainda, um longo trabalho à frente na análise mais profunda do discurso, nos arremedos de sentenças e no comportamento do magistrado Sergio Moro. É certo, que ele CRAVOU SEU FIM COMO MAGISTRADO, pós Lava Jato. Principalmente devido seu comportamento “inquisitivo”. Comportamento analisado “pelos corredores do judiciário do PR”, baseado em uma frase do magistrado no processo do Triplex.
    Disse ele:
    “tome como base sua conclusão patética de uma citação estúpida em inglês, piegas e de relevância nula: “Prevalece, enfim, o ditado “não importa o quão alto você esteja, a lei ainda está acima de você”. A frase é de Thomas Fuller, historiador e religioso britânico. O interessante que Thomas Fuller tem outra frase que diz mais sobre Moro e sua sentença:
    “A ira é uma das forças da alma.”

Deixe uma resposta