José Dirceu pronto para sambar atrás das grades

dri

 

O Tribunal Regional Federal da1 4ª Região (TRF-4) negou os embargos de declaração do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu no âmbito da operação Lava-Jato. Neste processo, Dirceu responde a acusação de receber propina do esquema de corrupção da Petrobras por meio de contratos da Engevix. Sendo assim, Sergio Moro pode mandar executar a pena de prisão.

Em setembro, o TRF-4 manteve a condenação de Dirceu pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa, e ainda aumentou a pena de prisão de 20 anos e dez meses para 30 anos e nove meses

O caso foi julgado na manhã desta terça-feira no tribunal que analisa os recursos das defesas dos réus sentenciados em primeira instância pelo juiz Sergio Moro.
Dirceu saiu da cadeia em maio após ficar preso um ano e nove meses preso em Curitiba. Ao sentenciar Dirceu, Moro determinou que ele ficasse na prisão. Mas os advogados recorreram ao STF, onde conseguiram reverter a decisão e Dirceu passou a aguardar julgamento do recurso na segunda instância em liberdade.
Após o esgotamento de todos os recursos da defesa na segunda instância, o ex-ministro pode ser preso. Contudo, o TRF informou que a defesa do ex-ministro ainda pode recorrer da decisão de hoje dos desembargadores.

Neste processo, Dirceu é acusado de ter recebido cerca de R$ 15 milhões em propina da empreiteira Engevix. Os pagamentos teriam ligação com contratos da construtora com a Petrobras obtidos via licitações fraudulentas e, segundo a sentença, foram feitos sob a fachada de consultorias supostamente nunca prestadas por Dirceu.

Anúncios

1 comentário

  1. Não se pode deixar sem punir um indivíduo que a muito tempo vem agindo contra as finanças do estado brasileiro. Temos de uma vez por todas, que acabar com privilégios para alguns meterem as mãos nos cofres da nação. Somos uma nação e não um vilarejo sem comando…

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s