Juiz determina cassação de irmão de Ciro Gomes

Justiça Eleitoral do Ceará determinou, nesta última segunda-feira 27, a cassação do diploma do prefeito e da vice-prefeita da cidade de Sobral. Ivo Gomes (PDT) – irmão do pré-candidato à Presidência Ciro Gomes (PDT) – e Christianne Coelho (PT) são acusados de compra de votos nas eleições municipais de 2016.

O prefeito se pronunciou nas redes sociais afirmando ter sido “surpreendido” com a decisão da Justiça, considerada “absurda”. “Segundo a decisão eu teria, através de uma indeterminada terceira pessoa, comprado o voto do senhor Erisvanio Custódio Santiago, pessoa com quem nunca tive nenhum contato e, segundo informações, já condenado por roubo. Essa foi a única evidência em que se baseou o juiz para nos condenar”, disse no texto.

Gomes informou que vai recorrer da decisão no Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE). Ele poderá aguardar o julgamento da corte ainda no cargo. Caso a sentença seja confirmada pelo TRE-CE, ele será condenado a pagar uma multa de 40.000 reais, além de perder o mandato e ficar inelegível pelos próximos oito anos.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: