Governo deixa Reforma da Previdência para 2018

juca

 

A votação da reforma da Previdência ficará para 2018, de acordo com o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR). Segundo ele, a decisão está “conversada” entre os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE).

“Só vota Previdência em fevereiro. Está conversado entre o Rodrigo e o Eunício. Estamos esperando apenas o presidente (Michel Temer) chegar (de São Paulo) para fechar o acerto”, disse.

A expectativa do governo era de aprovar a matéria no plenário da Câmara ainda neste ano, antes do recesso parlamentar. Mas o Planalto enfrentava dificuldades para reunir os 308 votos necessários para aprovar matérias constitucionais.

Jucá afirmou que o acerto é para que as duas casas votem a reforma de forma “casada”, ou seja, o Senado votará a matéria logo após a Câmara concluir a votação. A combinação era cobrada por deputados, que temiam se desgastar votando uma matéria impopular, sem que os senadores dessem prosseguimento à matéria.

 

Nesta quarta, o PSDB informou que apoiará a medida. O partido estava dividido em relação ao tema, e conta com uma bancada de 48 deputados. O PMDB, partido do presidente Michel Temer, havia anunciado apoio.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s