Juiz Marcelo Bretas não se intimida e condena Cabral a mais 15 anos de prisão

Publicado por

O ex-governador Sérgio Cabral (PMDB) foi condenado nesta terça-feira (19) pela quarta vez no âmbito da operação Lava Jato. O juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal, o sentenciou a mais 15 anos de prisão por lavagem de dinheiro. O ex-governador ainda pode recorrer.

Cabral já tinha sido condenado a 72 anos de prisão em outros três processos — ao todo, são três condenações com Bretas, no Rio, e uma com o juiz Sergio Moro, no Paraná, também na Lava Jato. Somadas, as penas chegam a 87 anos.

Curta República de Curitiba
Anúncios

6 comentários

  1. O DOUTOR MARCELO BRETAS É MAIS UM HONRADO, COMPETENTE E CORAJOSO MAGISTRADO À NÍVEL DO DOUTOR SERGIO MORO. A DESPEITO DAS CANALHICES EMANADAS DO BEIÇOLA, TENHO CERTEZA QUE MAGISTRADOS COMPROMISSADOR COM A LEI E COM A ORDEM E O PROGRESSO, SE MULTIPLICARÃO EM PROGRESSÃO GEOMÉTRICA,CONDENADO VAGABUNDOS E OS DIRECIONANDO ÀS CADEIAS, CONTRARIANDO OS ACOBERTAMENTOS DO MINISTRO DO BEIÇO GRANDE QUE DEVERIA SER MINUNCIOSAMENTE INVESTIGADO. DR MARCELO, O SENHOR NÃO ACHA QUE A MARAFONA DO SERGIO LALAU DEVERÁ RETORNAR AO SEU DEVIDO LUGAR, A CADEIA ?