Maduro expulsa embaixador brasileiro e dá os primeiros passos para proibir partidos políticos

A Assembleia Constituinte da Venezuela (ANC) declarou o embaixador do Brasil em Caracas, Ruy Pereira, persona non grata, o que significa que o diplomata não poderá estar mais no país. O embaixador viajou na última sexta-feira para o Brasil, onde pretendia passar as festas de fim de ano. Com esta decisão da Constituinte venezuelana, não poderá retornar a Caracas.

Em informação divulgada pela presidente da Constituinte, a ex-chanceler Delcy Rodríguez, também foi confirmada a declaração de persona non grata ao encarregado de negócios da embaixada do Canadá.

— Decidimos declarar como persona non grata o encarregado de negócios do Canadá por sua permanente e grosseira intromissão nos assuntos internos da Venezuela, e de igual maneira ao embaixador do Brasil — afirmou Delcy, afirmando que o status de Pereira se manterá assim “até que se restitua o fio constitucional que o governo de fato rompeu neste país irmão”.

Ambos os países questionaram a recente decisão adotada pela Constituinte de dissolver dois governos municipais – Caracas e Alto Apure – por motivos políticos. Na última sexta-feira, o governo brasileiro emitiu uma nota oficial na qual assegura que “repudia o contínuo assédio do regime de Nicolás Maduro à oposição venezuelana, com a arbitrária dissolução dos governos municipais de Caracas e Alto Apure e a imposição de exigências que comprometem a participação de importantes partidos de oposição no processo eleitoral. São medidas que desmentem o anunciado interesse do governo venezuelano em buscar uma solução negociada ou duradoura para a crise”.

 

Proibição de partidos políticos

 

O ditador Nicolás Maduro também começa a dar os primeiros passos para a proibição de partidos políticos. A ANC cumpre ordens de Maduro para proibir a participação da oposição nas eleições.

A ANC, que controla o Partido Socialista da Venezuela, aprovou na quinta-feira (21) o Decreto para Validação dos Partidos Políticos. A resolução estabelece que os partidos que decidirem não participar ou boicotar os pleitos eleitorais organizados pelo chavismo deverão se reinscrever no Conselho Nacional Eleitoral, e isso significa que deverão depositar todas as suas arrecadações para serem admitidos na próxima eleição.

 

Anúncios

3 comentários

  1. Viva enquanto o mundo já se deu conta de que o Regime comunista não presta é nocivo para o pais que for dominado por ele, que só trás o retrocesso destes países, tanto na economia, no pregresso tecnológico, e principalmente nos direitos dos cidadãos, outros os aprovam não em beneficio do povo ou da Nação mas sim em beneficio dos que estão no poder e seus asseclas, isto não é dedução mas esta comprovado, tando que o comunismos caiu em todos os países que o haviam aprovado e optado por eles como dos países que foram obrigados pelo domínio destes países, e isto recentemente, portanto de conhecimento dos que tem um minimo de discernimento! Viva a imbecilidade de uma parte da humanidade que só faz isto por interesses pessoais!
    .

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s