Em SP, deputados aprovam lei que proíbe consumo de carne: “animais querem ser livres”, diz autor da medida

Screenshot_2017-12-28-13-30-41

A Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) aprovou, nesta semana, em sessão extraordinária, um projeto de lei que institui a chamada Segunda sem Carne no Estado. O texto, que vai à sanção do governador Geraldo Alckmin, proíbe o fornecimento de carne às segundas-feiras em bares, restaurantes, escolas públicas e estabelecimentos que forneçam alimentação em órgãos públicos.

O projeto também obriga os estabelecimentos comerciais a fixar em local visível ao consumidor um “cardápio alternativo sem carne e seus derivados”. O texto prevê multa de 300 Unidades Fiscais do Estado de São Paulo (Ufesps) em caso de descumprimento (o que equivale, atualmente, a R$ 7.521).

O deputado autor da lei, Feliciano Filho (PSC), afirmou, em sua página no Facebook, que a lei “dará à população de SP um dia por semana para pensar sobre a aflição dos animais nos abatedouros e lembrar que, como nós, eles também têm direito a uma vida livre de sofrimento”.

O deputado é conhecido pelo ativismo em defesa dos direitos dos animais. Na justificativa, ele diz que o objetivo é chamar a atenção para os efeitos do consumo de carne sobre o meio ambiente e a biodiversidade, além de sua relação com a ocorrência de doenças do coração, câncer e diabetes.

“O reino vegetal é plenamente capaz de suprir as necessidades de uma população. Isso porque uma alimentação sem ingredientes de origem animal é ética, saudável e sustentável. Não se pode esquecer que, assim como nós, os demais animais querem ser livres e ter uma vida normal junto a membros da sua espécie”, argumenta o parlamentar.

Feliciano Filho diz ainda que a carne bovina é “responsável pela emissão de dióxido de carbono e de metano diretamente na atmosfera”. “Não há dúvidas, pois, que a produção industrial de carnes – incluindo os suínos, caprinos, bubalinos e ovelinos – é uma das maiores fontes de poluição do meio ambiente, consome um enorme volume de recursos naturais e energéticos, além de gerar bilhões de toneladas de resíduos tóxicos sólidos, líquidos e gasosos”, afirma.

 

Anúncios

10 comentários

  1. É, REALMENTE, ACHAM QUE NÃO TÊM O QUE FAZER; O OUTRO JÁ QUER COBRAR ROYALTES SOBRE O USO DO VENTO (QUEM NÃO PAGAR FICA PROIBIDO DE RESPIRAR); ESSE QUE ABOLIR CARNES NA SEGUNDA FEIRA. VOU ME CANDIDATAR E PROIBIR RELAÇÕES ÍNTIMAS NAS SEXTA FEIRAS POR SER O DIA UNIVERSAL DO ADULTÉRIO DE FORMA A SALVAR OS CASAMENTOS

    Curtir

  2. Um cara do Partido Verde querendo nos dizer o que devemos ou não comer, e o pior, ainda querer transformar sua vontade em lei. Aí pra comer deixa de matar animais e desmata florestas. Coisa de brasileiro mesmo. Se essa tal dessa lei for aprovada, vai ser o começo do fim do Brasil. Esse sistema político de nosso país está mesmo muito ultrapassado.

    Curtir

  3. Será que não há coisa de maior beneficio ao povo do que um dia sem carne? Parece que pagamos aos nossos parlamentares para ora e ão se preocupar com problemas sérios!

    Curtir

  4. Prezado Deputado Feliciano Filho, gostaria que fundamentasse suas justificativas pelos animais e contra nós da raça humana com dados reais, e não sentimentos melosos de donos de pet’s.
    Alguma vez o Sr. criou algum animal para abate? De onde vem todo este sentimento patológico de culpa com relação aos animais? O Sr. tem noção do absurdo que fala? A relação entre os seres da natureza não é esta fantasia que passa em sua cabeça e na de milhares de outros idiotas. O ser humano é onívoro e tem necessidade de produtos animais (inclusive a carne) para manter-se saudável e eficiente.
    O Sr. tem noção do que é manter uma produção de proteínas para uma população saudável de 200 milhões de habitantes. Às vezes chego a pensar que vcs andam vendo filmezinhos ambientais demais. A vida é coisa séria e a responsabilidade de manter a produção proteica num país como Brasil também.
    Outro erro absurdo e ofensivo é dizer que os animais e nós humanos temos o mesmo valor e os mesmos direitos. Isto é de uma incompreensão, uma imaturidade e uma boçalidade abissais!
    E o pior de tudo, é esta compulsão em ditar regras, controlar a vida alheia, intrometer-se na privacidade do cidadão. Quem lhe disse que tens este direito.
    Já estamos de saco cheio disto: Lei Seca onde atualmente se prende um cidadão só por ter bebido uma bebida alcoólica, mesmo sem sequer estar embriagado (única situação onde se poderia considerar um delito). Lei da Palmada, outro absurdo! Agora a proibição de se alimentar de carne (por enquanto: “só as segundas feiras”). A Lei seca também foi assim, primeiro só se estivesse com um teor alto de álcool no sangue. Agora, mesmo que tenha 0,000000001g vc é um criminoso, pois tem que ser Zero. E este bando de babacas a bater palmas para mais uma liberdade que perdem!! Realmente vivemos um momento de fossa intelectual, de estupidez incontida e de má fé. Veja o que está acontecendo na Venezuela como resultado desta conduta política e ideológica falida e burra.
    Por acaso estamos perseguindo os veganos para obriga-los a comer carne? Eles são responsáveis pela própria vida e nós pela nossa. Que tal perseguirmos os veganos com o argumento que vão aumentar os gastos do SUS, levando a prejuízos desnecessários, devido à saúde frágil que carregam, além da desnutrição voluntária. Eu jamais aprovaria isto, mas é isto que vcs fazem conosco e com a maior ‘cara de pau’ e ainda passando por pessoas que querem o nosso bem e o da Terra…
    Estes argumentos de metano, poluição, consumo de água e etc., são todos falsos e sem nenhum fundamento. Se em São Paulo falta água não é porque a agua está acabando, mas porque os investimentos necessários para a correta captação e distribuição de agua pela cidade não foram feitos. Simples canalhice, mais nada!!
    Espero sinceramente que o Governador, que é um médico, e talvez tenha mais bom senso que uma boa parte destes malucos VETE ESTA LEI!! Pois, ela é o prenúncio de muita merda que vem por aí!!
    Quanta falta do que fazer, quanta inconsequência legislativa. Gostaria de saber com quantos votos o Sr. se elegeu para Deputado Estadual!

    Curtir

  5. Parabéns deputado Feliciano Filho!!!
    Os animais precisam de vozes como a sua!!
    Chega de exploração, desrespeito a vida e crueldade!
    Esses seres já nascem sem direito a vida e são usados sem a mínima compaixão.
    Que venham mais e mais movimentos e leis em defesa dos animais!!!

    Curtir

  6. Quem não quer comer carne que não coma, mas não encha o saco de quem quer comer.
    Os famosos suquinhos de soja veganos já conseguiram uma quantidade enorme de homens estéreis nessa geração.
    Se você for contra ficar enchendo a cabeça das crianças de dúvidas idiotas com kit gay você será rotulado de homofóbico.
    A cor desse idiota desse deputado que propôs é de quem come um bom churrasco com frequência.
    Burrice tem limite e esta merda desta lei é ditadura e basta de ficar aceitando maluquice dessas militâncias de psicopatas!

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s