Caciques do senado se preparam para tentar reeleição. Todos estão na Lava Jato

Publicado por

renan aecio

Com o encerramento dos mandatos de dois terços dos senadores, os principais caciques do Senado vão às urnas em 2018 em um cenário adverso: terão de explicar ao eleitor as acusações das quais são alvo, propor saídas para a crise política e enfrentar menor disponibilidade de recursos para financiamento de suas campanhas.

Dos 54 senadores cujos mandatos chegam ao fim, 21 respondem a investigações no STF em ações da Lava-Jato ou desdobramentos.

Neste quadro, estão nomes de destaque na Casa como Renan Calheiros (MDB-AL), Romero Jucá (MDB-RR), Aécio Neves (PSDB-MG) e o presidente Eunício Oliveira (MDB-CE). Será a primeira eleição geral após o STF ter proibido o financiamento empresarial, em 2015, e depois de a classe política ter sido atingida pela Lava-Jato.

Fonte: Valor Econômico

Curta República de Curitiba
Anúncios

4 comentários

  1. ELES IRÃO SE ELEGEREM TRANQUILAMENTE, O POVO ESQUECE TUDO LIGEIRINHO. MUITOS NEM SABEM O QUE ACONTECE COM ESSAS “RAPOSAS POLÍTICAS”, NA ORA DE VOTAR É QUE IRÃO PENSAR!. MAS COMO NADA É IMPOSSÍVEL AO SENHOR DA JUSTIÇA VERDADEIRA, ESSAS SITUAÇÕES PODEM SOFRER UM REVÉS.