PF bate recorde na apreensão de cocaína e maconha. E toma quase R$ 600 milhões em bens do narcotráfico

Posted by

PF nar

A Polícia Federal (PF) bateu seu recorde histórico de apreensões de cocaína e maconha em 2017. Por meio de operações das Delegacias de Repressão a Entorpecentes e do Grupo Especial de Investigações Sensíveis (Gise), a PF tirou de circulação 44,7 toneladas de cocaína e 313 toneladas de maconha. Os números são parte do balanço da Coordenação-Geral de Polícia de Repressão a Drogas (CGPRE).

Embora o número de operações especiais tenha diminuído no ano, 80 em 2017 e 121 em 2016, a quantidade de drogas apreendidas representa um recorde dentro da série histórica aferida desde 1995.

O valor de bens apreendidos também superou o ano de 2014, que detinha o recorde com R$ 323 milhões, e alcançou a cifra R$ 591,4 milhões em bens apreendidos pelas ações da PF.

Advertisements
Anúncios

One comment

  1. Essa dinheirama que , muitos brasileiros não têm nem noção e nunca jamais verá, deveria ser empregado, todo, em uma educação integral com toda assistência devida a cada um dos brasileirinhos que vivem nos lixões da miséria humana!

Deixe uma resposta