Jogador trans é autorizado a participar de futebol feminino

Publicado por

Screenshot_2018-02-14-16-02-48

 

A Federação Australiana de Futebol autorizou Hannah Mouncey, um atleta transgênero de 28 anos, a participar do campeonato nacional feminino da segunda divisão, revelou o próprio jogador na última terça-feira. “Estou feliz com a decisão e espero jogar esta temporada”, comemorou Hannah em sua conta no Twitter.

Ele, no entanto, se recusou a agradecer a federação. “Acho que seria totalmente inapropriado agradecer por me autorizarem a fazer algo que qualquer australiana pode fazer.”

Mouncey tem 1.90 metros e pesa mais de 100 quilos. Ele também é atleta de handebol e chegou a defender a seleção australiana masculina da modalidade, ainda sob seu nome de batismo, Callum. Ele iniciou a transição no fim de 2015 e já participou de torneios menores entre mulheres.

Alguns dirigentes se disseram contrários a sua participação, por gerar uma “disparidade física significativa”. Ele marcou 17 gols em oito partidas pela liga feminina da cidade de Camberra.

Advertisements
Anúncios

2 comentários

  1. Que ridículo, um homenzarrão destes querendo competir no meio das mulheres.
    Com essa disparidade física, as vitórias dele não têm nenhum valor.
    É muito cinismo!

  2. REALMENTE O MUNDO ESTÁ DE PONTA CABEÇA. DAQUI A POUCO VAMOS TER TIMES DE “SAPATAS” E “TRANS”, SENDO MUITO INTERESSANTE NO DIA EM QUE FOREM “ADVERSÁRIAS” EM CAMPO. A “MOÇOILA” AUTORIZADA A COMPOR O SET FEMININO É CAPAZ DE “DAR CHILIQUES” CADA VEZ QUE ERRAR UM PASSE, JOGANDO-SE AO CHÃO E DEBULHANDO-SE EM LÁGRIMAS. JÁ DUREI DEMAIS.

Deixe uma resposta