Parlamento Europeu decide aumentar as sanções a Maduro

maduro 2

O Parlamento Europeu (PE) defendeu  que as sanções impostas pela União Europeia (UE) devem ser aumentadas ao ditador Nicolás Maduro e a outros altos cargos da política venezuelana e exortou a entidade comunitária a ponderar novas medidas.

Numa resolução sobre a situação na Venezuela, aprovada por 480 votos a favor, 51 contra e 70 abstenções, o PE, reunido em Estrasburgo (França), apelou, no dia 8 de fevereiro, a que as sanções aplicadas pelo Conselho da UE a sete altos funcionários venezuelanos sejam estendidas aos “principais responsáveis pelo agravamento da crise política, social, económica e humanitária, nomeadamente o Presidente, o vice-presidente, o ministro da Defesa, os membros do alto comando militar e os membros dos seus círculos mais próximos, incluindo familiares”.

Anúncios

1 comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s