Moro condena Bendine, ex-presidente do BB e da Petrobras, a 11 anos de prisão

Aldemir Bendine, ex-presidente da Petrobras (2015-2016) e do Banco do Brasil (2009-2015), foi condenado nesta quarta-feira (7) pelo juiz Sergio Moro, da Justiça Federal do Paraná, a 11 anos de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro em processo da Operação Lava Jato.

As investigações da PF (Polícia Federal) apontaram que Bendine e pessoas ligadas a ele teriam solicitado propina, em razão dos cargos exercidos, para que a Odebrecht não viesse a ser prejudicada em futuras contratações da Petrobras. Em troca, o grupo empresarial teria efetuado o pagamento de ao menos R$ 3 milhões, em espécie.

Anúncios

1 comentário

  1. ;Parece que não tem órgão do Governo que não esteja contaminado com a corrupção e o desmando. Isto é uma vergonha tanto para o povo como também prejudicial à Nação

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s