Petistas que foram a Porto Alegre tiveram despesas pagas pela Câmara

Screenshot_2018-03-07-09-32-12

 

Deputados do PT que foram a Porto Alegre em janeiro, durante o recesso parlamentar, para acompanhar o julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Tribunal Regional Federal da 4.ª Região tiveram despesas como passagem aérea, hotel, transporte e alimentação pagas pela Câmara. Levantamento do Estadão/Broadcast mostra que 12 dos 57 deputados do partido pediram reembolso por despesas que, no total, somam ao menos R$ 21,6 mil.

Os custos com a viagem foram pagos com a cota parlamentar a que deputados têm direito mensalmente para custearem gastos com o mandato. Mais conhecido como “cotão”, o benefício varia entre R$ 39,5 mil e R$ 44,6 mil, dependendo do Estado do parlamentar.

A Câmara afirma que o uso dos recursos para atividades partidárias é permitido pelo regimento interno. A única proibição é ao uso da cota para fins eleitorais, o que não seria o caso da viagem a Porto Alegre.

Participe da discussão

2 comentários

  1. Mais uma vez os otários do povo brasileiro arcou com as despesas de bandidos que foram prestigiar outro bandido, o que nós temos a ver com isso/

  2. São esses políticos bandidos que levaram o Brasil pro fundo do poço com esses gastos excessivos FDP, parasitas

Deixe um comentário
%d blogueiros gostam disto: