Governo cancela curso do Contran, após pressão do Movimento República de Curitiba

Publicado por

Screenshot_2018-03-18-06-59-20

 

O ministro das Cidades, Alexandre Baldy, determinou a revogação da resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que tornava obrigatória a realização e aprovação em curso de aperfeiçoamento para renovação da carteira nacional de habilitação. A revogação ocorrerá na próxima segunda-feira, 19. A decisão foi tomada após forte reação nas redes sociais encabeçada pelo Movimento República de Curitiba.

A decisão para cancelar a resolução 726/2018 foi encaminhada ao diretor do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e ao presidente do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), Maurício Alves.

Por meio de nota, o Ministério das Cidades informou que “a diretriz da atual gestão da pasta tem por objetivo implementar ações e legislações que atendam às expectativas da população”, mas com o propósito de “reduzir custos e facilitar a vida do brasileiro”.

Curta República de Curitiba
Anúncios

Um comentário

  1. Até que enfim uma resolução sensata, pois onde já se viu uma exigência como a que estava sendo feita, quando em países civilizados se faz a renovação até pelo correio. PARABÉNS!