Delegado da PF avisa que a hora chegou para Temer, Alckmin e Aécio

Publicado por

 

temer aecio

Após a prisão de Lula,  investigadores ligados à operação Lava Jato avisam que os próximos passos devem ser o aprofundamento das apurações contra líderes de outros partidos, assim como a aprovação de mudanças na legislação penal e o fim do foro privilegiado.

O delegado da Polícia Federal Milton Fornazari Júnior, responsável pela Delegacia de Repressão a Corrupção e Crimes Financeiros em São Paulo (Delecor), afirmou em uma rede social que “agora é hora de serem investigados, processados e presos os outros líderes de viés ideológico diverso, que se beneficiaram dos mesmos esquemas ilícitos que sempre existiram no Brasil (Temer, Alckmin, Aécio etc).”

Temer foi denunciado duas vezes e é investigado em um inquérito pela Procuradoria-Geral da República. Aécio foi denunciado e é investigado na Lava Jato. Alckmin é investigado em inquérito por caixa 2 no Superior Tribunal de Justiça (STJ) em razão da delação da Odebrecht.

O texto de Fornazari foi publicado no sábado, no momento em que Lula era levado pela PF para Curitiba (PR). A um amigo que lhe perguntou se podia compartilhar, ele respondeu: “Fique à vontade”. Na noite de domingo, porém, o policial o retirou do ar. E publicou novo texto: “Para você que gosta de me monitorar aqui, não adianta se articular, vamos continuar prendendo os corruptos de todos os gêneros”.

Experiente, o delegado tem em seu currículo a apuração sobre o cartel do Metrô de São Paulo. Também foi responsável pelo inquérito que apura desvios de recursos nas obras do Rodoanel, em São Paulo, que levou à prisão de Paulo Vieira de Souza, ex-diretor do Dersa, apontado como operador do PSDB paulista. Ele é ainda especialista em cooperação internacional para identificação de lavagem de dinheiro e ocultação de valores.

Fornazari também comentou a situação de Lula. Ele escreveu que o ex-presidente “objetivamente recebeu bens, valores, favores e doações para seu partido indevidamente por empresas que se beneficiaram da corrupção em seu governo”. “Por isso merece a prisão.” Ele conclui afirmando que se as investigações futuras do órgão chegarem aos outros líderes políticos que ele enumerou “teremos realmente evoluído muito como civilização”. “Se não acontecer e só Lula ficar preso, infelizmente, tudo poderá entrar para a história como uma perseguição política.”

Curta República de Curitiba
Anúncios

5 comentários

  1. Eu acredito na instituição da PF, MP e Judiciário. A grande maioria é composta por homens íntegros e éticos. Como Consultor Organizacional há mais de 25 anos, sei que não dá pra fazer tudo ao mesmo tempo. Brasileiros, tenham um pouco de paciência, o MECANISMO LEGAL ESTÁ FUNCIONANDO.

  2. Apoiado, estamos juntos com pessoas honestas , não aguentamos o tona la da cá, o braBra precisa acabar com essa corrupção, fim de foro orprivilegia, que todos os bens desses corruptos de colarinho branco, sejam confiscados e devokvido aos cofres públicos. Conte com a população brasileira que não defendem bandidos., Sempre confiei na polícia federal no ministério público federal.
    Luisa Maria de Jesus
    Sorocaba SP