Ciro quer ir para República de Curitiba: “Lula não pode ficar sem a visita de amigos”

 

Cirot Lula

O PDT pediu, nesta quinta-feira,  autorização à 12ª Vara Federal de Curitiba para que o pré-candidato presidencial do partido, Ciro Gomes, visite o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O requerimento é assinado pelo vice-presidente nacional da sigla, André Figueiredo, e ressalta que a Lei de Execuções Penais prevê como direito do preso a visita de parentes e amigos.

A juíza Carolina Lebbos, responsável pela execução penal de Lula negou nesta terça-feira, 10, pedido para que nove governadores o visitassem na sede da Polícia Federal de Curitiba.

Na solicitação, o PDT ressalta que a visita seria feita em uma quarta-feira, dia da semana quando é permitida a entrada na carceragem, e por apenas três pessoas: Ciro Gomes, André Figueiredo e o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi.

O pedido ressalta que certamente a decisão da juíza ao negar a visita dos governadores foi norteada “pela inexistência da condição quantitativa”, o que não se verifica no caso do PDT.

“Lula não pode estar impedido da visita de amigos. Isso é uma afronta à nossa Constituição Federal e à própria Lei de Execuções Penais”, assinalou.

Anúncios

2 comentários

  1. Calma que brevemente você fará companhia ao luladrãomoluscodenovededos!!! Bosta cearense que não honra o estado do Ceará!!! Corno véio!!!!!!!

Deixe uma resposta