Temer vai vender a refinaria mais cara do mundo, construída no governo do PT por R$ 68 bilhões

Abreu Lima

Após os governos Lula e Dilma enterrarem US$20,1 bilhões (R$68 bilhões) na refinaria mais cara do mundo, em Abreu e Lima, em Pernambuco, valor oito vezes maior que o custo global dos estádios construídos no Brasil para a Copa do Mundo de 2014, a Petrobras resolveu vender 60% do seu controle no âmbito de uma proposta de parcerias que inclui outras três refinarias.

As parcerias anunciadas pela Petrobras incluem, no Nordeste, Abreu e Lima e a refinaria Landulpho Alves e cinco terminais, onde a capacidade de processamento é de 430 mil barris por dia (bpd). No Sul, onde a capacidade de processamento é de 416 mil bpd, seriam as refinarias Alberto Pasqualini e Presidente Getúlio Vargas, além de e cinco terminais.

O plano de atração de parcerias da Petrobras considera a necessidade de novos investimentos, em razão do crescimento futuro da demanda de derivados no Brasil. Tudo isso faz parte da decisão da diretoria da estatal de vender ativos para reduzir seu endividamento.

 

Abreu e Lima consumiu o equivalente a R$68,04 bilhões, em meio ao período em que mais foram roubados recursos públicos na História, segundo demonstra a Operação Lava Jato, mas só consegue processar 100 mil barris por dia, e registrou em 2017 prejuízo de R$1,5 bilhão. Outra comparação que impressiona: os governos do PT, que se apresentaram como defensores dos pobres e oprimidos, gastaram somente na refinaria de Abreu e Lima mais que o dobro dos custos anuais do programa Bolsa Família.

China

A estatal brasileira também negocia com a chinesa CNPC uma parceria que prevê a troca de petróleo da Bacia de Campos por aportes da empresa da China para a conclusão da refinaria no Rio de Janeiro (Comperj), que demandaria ao menos cerca de 3 bilhões de dólares para ser finalizada.

O documento divulgado pela Petrobras não faz referências ao Comperj, empreendimento no Rio de Janeiro que a estatal só vai finalizar se tiver alguma parceria, segundo comunicou anteriormente

 

 

Anúncios

2 comentários

  1. Depois de nos assaltar todos esses anos, vão nos assaltar de novo, nos colocando reféns de países comunistas.
    A China não deveria de forma nenhuma estar no nosso cardápio de parcerias.
    Tudo que a China levar nunca mais teremos de volta e quando eles estiverem com posses suficientes, nos obrigarão a colocar a foto do Presidente chinês na sala e a rezar na cartilha comunista.
    Nossos políticos são vis e traidores da Pátria!

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s