Anúncios

Gilmar mendes solta acusado de desvios no Sesc e Senac

gilmar mendes mais uma vez

O Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF),  mandou soltar o ex-presidente da Federação de Comércio do Rio de Janeiro (Fecomércio-RJ), Orlando Santos Diniz, preso em fevereiro por determinação do Juiz Federal, Marcelo Bretas.

Diniz foi preso sob a acusação do Ministério Publico Federal participar de um esquema criminoso que desviou mais de 10 milhões de reais de recursos públicos provenientes do Serviço Social do Comércio (Sesc) e do Serviço Nacional de Aprendizagem do Comércio (Senac), por meio de notas fiscais sem a prestação de serviços e com o pagamento de funcionários fantasmas ligados a pessoas de confiança do ex-governador Sérgio Cabral(MDB).

De acordo com o MPF, caso Orlando fosse colocado em liberdade, poderia prejudicar o andamento das investigações.

 

Anúncios

Participe da discussão

1 comentário

  1. Este ministro só pode ser corrupto! Sem contar que não tem qualquer receio de ser investigado, pois seu desrespeito pelo povo e pelos seus pares chega ser grosseiro.
    Acredito que se for aberta uma investigação pela PF sobre suas atuações e conchavos ele seria preso rapidinho inclusive com excesso de provas!!
    FORA GILMAR, VOCÊ JÁ ENCHEU SACO!!ATENÇÃO!! POIS, A PACIÊNCIA DESTE POVO UM DIA ACABA!

Deixe um comentário
%d blogueiros gostam disto: