Barroso autoriza deputado presidiário a exercer mandado

Publicado por

O ministro Luiz Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal, autorizou o deputado presidiário João Rodrigues (PSD-SC) a retomar o mandato. Desde fevereiro o deputado cumpre a punição de cinco anos e três meses de prisão por fraude em licitação, no complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília.
Esta é a segunda vez que a câmara terá um deputado presidiário.

Curta República de Curitiba
error
Anúncios

6 comentários

  1. Essa atitude dos ministros da corte suprema parece que virou rotina na república federativa do bandido. Colocar por terra essa velha república carrancuda e iníqua, faz-se necessário por meio de uma nova ordem constitucional discutida, votada e aprovada por todos os eleitores reunidos em assembléia nacional constituinte popular. Sem isso, significa dar carta branca ao continuísmo ao velho sistema.

  2. Cada vez a situação do Brasil fica mais vergonhosa perante perante o povo e o mundo, será que não ha mais moral em nosso pais? Onde está a justiça,totalmente omissa,como pode um presidiário exercer o seu mandato se está preso? É por demais vergonhoso o que se passa em nosso pais, o pior de tudo é que nenhuma autoridade se manisfesta!

  3. Abrindo as pernas tentando arranjar precedentes p/ empurrar o ladrão de pavão, caso seja eleito p/ algum cargo. O STF agora é uma quadrilha completa de traidores da pátria e esse Barroso chegou até a valer alguma coisa, mas, a exemplo do suíno mendes, também já vendeu até a própria alma à maldição eterna no quinto dos infernos.